Era o prefeito da cidade, mas Zeca Pagodinho pouco se importava. Tranquilo em seu camarote, o sambista demonstrou irritação com a aproximação do prefeito de São Paulo, João Doria, que estava em uma ala reservada ao lado na zona vip do Anhembi, tradicional palco de Carnaval dos paulistanos.

Segundo relatos dos presentes no camarote, Doria estava tirando muitas fotos e era bastante cobiçado. Mas a situação se alterou quando ele tentou a aproximação com o músico. Zeca relutou em tirar foto, fez sinal de negativo com a cabeça e só apareceu na imagem depois de muito custo.

O sempre bem-humorado ex-jogador Amaral, que também estava no local [VIDEO], fez parte da foto e amenizou o clima de desavença.

A foto entre Pagodinho e João Doria foi um dos temas mais comentados desses primeiros dias de Carnaval pelo Brasil.

Politicamente, João Doria surge como provável candidato do PSDB ao governo do estado de São Paulo. Ele tentaria suceder Geraldo Alckmin, atual governador, que vai tentar mais uma vez à presidência da República, assim como fez em 2006, mas acabou perdendo para Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula [VIDEO], em votação de segundo turno.

No Twitter, os internautas não perderam tempo e bombaram os comentários sobre a foto: