Flávio Rocha, dono da Riachuelo, se filiou ao PRB [VIDEO], nesta terça-feira (27), para poder se lançar candidato à Presidência da República na eleição de outubro. O nome do empresário já vinha sendo especulado há algum tempo no cenário político. A reunião que consagrou a filiação de Rocha ao partido aconteceu também na terça-feira. O empresário era anteriormente filiado ao PR, mas resolveu mudar de sigla com intenção de disputar o Planalto.

A conversa entre PRB e Flávio Rocha já não era de hoje. No último final de semana, o dono da Riachuelo e Celso Russomano, líder do partido na Câmara dos Deputados, se reuniram na mansão do empresário em São Paulo para fechar os últimos detalhes da tratativa.

Nas conversas iniciais, o partido deixou claro que não tem o Planalto como objetivo principal, e sim conseguir uma bancada ampla o Congresso [VIDEO], porém, afirmou que se Rocha se mostrar como um candidato viável nas pesquisas, pode garantir sua candidatura.

Uma curiosidade que pode chamar a atenção. A Riachuelo já foi acusada de trabalho escravo em suas fábricas, e Rocha teve que se explicar na Justiça. Celso Russomano ganhou destaque no País com um programa de TV que fazia a defesa dos interesses dos consumidores e atacava grandes marcas e empresários. Agora, os dois se uniram, lado a lado, em busca de um interesse em comum