O General do Exército Brasileiro, identificado como Paulo Chagas, acabou falando sobre a morte da vereadora Marielle Franco (PSOL), que foi brutalmente morta ao sair de um evento no Rio de Janeiro.

''Fico em dúvida se qualifico a comoção pela morte da vereadora Marielle Franco como hipocrisia ou como desrespeito aos mais de 60 mil brasileiros que morrem por ano em condições semelhantes, aí incluídos centenas de policiais'', comentou o militar.

Diante dessa frase, algumas pessoas ficaram indignadas com a posição do General perante um caso triste como esse. Pelas redes sociais, muitas pessoas comentaram o caso, dizendo que a morte da vereadora deveria ser tratada como algo bastante ruim, porque é um ataque contra os parlamentares.

Execução

Marielle Franco, foi brutalmente executada junto com um motorista, depois de sair de um evento que estava acontecendo no Rio.

A assessora da vereadora, viveu momentos de pânico, porque ela estava ao lado de Marielle, quando diversos homens armados fecharam o carro e começaram a atirar.

Segundo informações, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) acabou sendo solicitada por algumas pessoas que presenciaram o caso, mas quando os paramédicos chegaram no local, a vereadora e o motorista estavam sem vida.

Policiais civis compareceram no local do crime, onde colheram alguns depoimentos e provas do crime.

Uma prova do crime está sendo fundamental para encontrar os possíveis assassinos. A perícia revelou que os criminosos usaram munições de uso restrito da polícia. Em 2017, aconteceu uma chacina no estado de São Paulo, onde os assassinos usaram esse mesmo tipo de projétil. O caso continua sendo investigado, mas a polícia ainda não conseguiu localizar os envolvidos no crime.

Vídeo

A polícia conseguiu capturar algumas imagens registradas pelas câmeras de monitoramento. É possível visualizar, o momento que o carro da vereadora é cercado por mais dois veículos. Em seguida, alguns bandidos descem e começam a atiram em direção a vereadora, sem levar nenhum objeto pessoas.

No momento, o vídeo se encontra com mais de 15 mil acessos. Nos comentários, muitas pessoas ficaram impressionadas com tamanha violência que a parlamentar foi morta.

Algumas pessoas afirmam que ela sofreu uma execução.

Alguns opositores do partido da vereadora, estão comentando que ela tinha uma ligação com uma famosa facção criminosa do Rio de Janeiro. Essas informações ainda estão sendo analisadas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo