Anúncio
Anúncio

Cada hora que passa, o Supremo Tribunal Federal (STF) vai fervendo a ponto de explodir e um recado do general da brigada, Paulo Chagas, mostra que o Exército está atento a tudo.

A presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, é o foco central de toda essa pressão para que sejam realizadas manobras a fim de ajudar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a não ser preso. Ela resiste com todas as forças e tem sido forte até mesmo nos bastidores, quando colegas tentam persuadi-la a colocar na pauta do Supremo o julgamento para um possível novo entendimento sobre o cumprimento da prisão após condenação em segunda instância, caso que já foi decidido em 2016.

De acordo com o site "O Antagonista", "por trás das cortinas", a ministra é alvo de vários ataques de seus próprios colegas de tribunal.

Anúncio

Dois desses ministros, no caso, aqueles que tentam ajudar Lula, estariam mantendo encontros secretos com vários senadores sugerindo ações contra a presidente do STF. Um dos pontos em que eles sugerem aos senadores é que entrem com um pedido de Impeachment para desestruturar a ministra. Dessa forma, ela seria obrigada a pautar medidas que livrem os presos condenados da Operação Lava Jato da cadeia.

É um jogo sujo que toma conta da Corte Suprema e tudo para salvar Lula, que foi o responsável em nomear a maioria dos ministros.

Recado do general

Paulo Chagas utilizou o seu Facebook para comentar esse momento tenso vivido pelo Supremo. Num tom de indignação, o general se pronunciou revoltado contra as articulações de ministros que tendem a manchar a imagem do STF enaltecendo os criminosos.

Anúncio

Segundo o general, a Suprema Corte é o ponto final para os graves problemas jurídicos do país. Porém, dentro dela, abrigam-se as mais exuberantes vaidades, grandes compadrios, irresponsabilidades e timidezes dignas de punição.

O STF que deveria ser a ordem está se transformando na instabilidade.

Perigo

O general falou que o STF está priorizando crimes e desmoralizando a Justiça brasileira, pondo em risco o país inteiro. Em forma de recado aos ministros, Chagas pede para eles terem consciência do que estão fazendo e imaginar a consequência de tudo.

Cármen Lúcia tem sido a esperança dos brasileiros. Com sua postura rígida e sabedoria nas ações, ela tem tomado a frente e não deixado que a politicagem tome conta da Corte.

Anúncio

Mesmo assim, a pressão é grande. Os "golpistas" não querem Lula preso e a situação só tende a ficar mais pesada na Corte.