O PDT já há bastante tempo confirmou o nome de Ciro Gomes como seu presidenciável na eleição de outubro. Muito já se foi especulado sobre uma possível aliança com o PT [VIDEO]. Se chegou até a cogitar a possibilidade do ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, ser vice na chapa de Ciro. Porém, o próprio presidenciável já descartou essa possibilidade e afirmou não crer que o PT estaria satisfeito sendo vice de alguém.

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, por outro lado, ainda tem certa expectativa com relação a uma possível aliança com o PT. Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo. Lupi crê que os petistas irão perceber a necessidade de uma aliança com outros partidos de esquerda quando cair a ficha da inviabilidade da candidatura de Lula.

O presidente do PDT, novamente, citou Fernando Haddad em sua entrevista. Para ele, Ciro Gomes presidente e o ex-prefeito de São Paulo como seu vice seria a "chapa ideal".

Haddad já chegou a ser especulado como um plano B petista caso Lula não possa participar do pleito. Seu principal concorrente interno era Jaques Wagner [VIDEO], mas depois dos acontecimentos dos últimos dias envolvendo o nome do ex-ministro de Dilma, o PT aparece sem muitas opções. Resta agora esperar para ver se a expectativa de Lupi será concretizada.