A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está atacando por todos os lados para tenta impedir que o petista acabe na cadeia. Já impetrou habeas corpus junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) e tenta pressionar a Corta para analisar o entendimento sobre prisão após condenação em segunda instância. Também apresentou recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para tentar anular a condenação dada ao ex-presidente pela Quarta Turma do Tribunal Regional da 4ª Região, de 12 anos e um mês de prisão.

Segundo informação da repórter Cristiana Lôbo, esse último é o foco central da defesa de Lula. Caso o recurso seja aceito, boa parte dos problemas do ex-presidente estariam resolvidos. Pelo menos os mais urgentes. Com a anulação do julgamento em um instância colegiada, Lula não poderia ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Também escaparia da prisão, pois a condenação em segunda instância estaria cancelada.

Lôbo afirma que a defesa de Lula acredita que o STJ é a melhor maneira de conseguir salvar a cabeça do ex-presidente.

Como o número de ministros é maior e são bem menos conhecidos do que os do STF, ficaria mais fácil o trato com eles. Para desagrado dos advogados do petista, recentemente, o STJ divulgou que apenas em 1% dos casos não houve confirmação na Corte sobre os julgamentos na segunda instância.

Siga a página Lula
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!