O pastor Silas Malafaia, do ministério Vitória em Cristo, ligado à Assembleia de Deus, deverá apoiar o deputado federal Jair Messias Bolsonaro (PSL) na disputa à Presidência da República em 2018. ''Bolsonaro é o único que defende diretamente as ideologias da direita. Ele encarna os valores mais caros ao nosso povo na questão dos costumes. Pode anotar, 80% do voto evangélico irão ser para Bolsonaro [VIDEO]'', afirmou o pastor.

Ele também chegou a falar de outros requisitos do parlamentar. Malafaia afirmou que tenta não se envolver muito com a política, mas disse que no momento atual que o Brasil se encontra o único jeito é que um candidato limpo e honesto assuma a Presidência.

Polêmicas

Apesar de ser favorito para ganhar nas pesquisas de intenção de votos nas eleições nos cenários sem a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Bolsonaro [VIDEO] já esteve envolvido em alguns escândalos envolvendo. Em 2014, a empresa JBS destinou uma doação no valor de R$ 200 mil para que o deputado pudesse em sua candidatura à reeleição para deputado. Quando o parlamentar recebeu o dinheiro, acabou surpreendendo todas, inclusive a empresa que depositou o dinheiro.

O político devolveu a quantia que recebeu e gravou um vídeo sobre o fato, dizendo que não se corromperia por nenhum valor. Diante disso, muitos apoiadores do parlamentar ficaram felizes com a atitude. Este ano, o foi descoberto que o parlamente é dono de uma casa de luxo em uma praia do estado do Rio de Janeiro.

Questionado sobre como havia comprado o imóvel, Jair Bolsonaro informou que o adquiriu há mais de 10 anos, quando a casa ainda estava precisando de uma grande reforma. Ele também disse que todo dinheiro investido na casa foi obtido de forma legal.

Na época, algumas pessoas ficaram em dúvida sobre esse assunto, mas quando o parlamentar se pronunciou sobre o caso, algumas delas pararam de questionar sobre a honestidade de Bolsonaro.

Até o momento, o político não esteve envolvido em nenhuma ação da Operação Lava Jato. Isso acaba aumentando a popularidade do político, porque algumas pessoas veem nele um candidato bom para assumir a Presidência do país.

Eleições para presidente

Bolsonaro é pré-candidato ao cargo. Algumas pessoas que acompanham a vida do político perguntaram como ele iria fazer para anunciar a sua candidatura. Ele afirmou que não irá gastar dinheiro com campanha eleitoral. Apenas afirmou que o povo brasileiro irá decidir o candidato que mais se adequa para assumir a cadeira presidencial.