O deputado federal e pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) deverá ser indenizado pelo Partido Comunista do Brasil (PC do B) em R$ 30 mil. A condenação da legenda política aconteceu nesta segunda-feira (2), quando a 26ª Vara Cível do Rio de Janeiro divulgou o resultado da ação.

A informação, divulgada inicialmente pelo jornalista Lauro Jardim, pegou o partido de surpresa. Ainda cabe recurso e, certamente, a defesa do PC do B vai tentar reverter a sentença.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) postou a informação em seu Facebook e muitos internautas comentaram. “Já estou cansada de tanta afronta contra o Bolsonaro”, comentou uma seguidora.

Motivo da ação

Em junho de 2016, os Estados Unidos viveram um episódio bastante triste de sua história e isso foi usado politicamente pelo PC do B. O perfil oficial do partido publicou no Facebook, à época, uma foto do terrorista Omar Mateen, acompanhado dos dizeres Bolsonaro Presidente.

Mateen assassinou 49 pessoas na boate gay Pulse, na cidade de Orlando, estado da Flórida. Ele acabou morto pela polícia. Na postagem, o Partido Comunista do Brasil afirmou que se o “homofóbico Omar Matten fosse brasileiro” sua foto teria a legenda “Bolsonaro presidente”.

Em outras palavras, o PC do B associou o terrorista que matou homossexuais a Jair Bolsonaro, porque, segundo o partido, o pré-candidato à Presidência do Brasil seria homofóbico.

A condenação do PC do B foi definida pelo juiz Nicolau Júnior. De acordo com o magistrado, o partido foi condenado por vincular a imagem de um presidenciável a “atos criminosos bárbaros”.

Eleições 2018

Jair Bolsonaro é um dos nomes mais fortes para as eleições presidenciais de outubro e é favorito para ir ao segundo turno na disputa.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Jair Bolsonaro

As pesquisas divulgadas neste ano confirmaram aquilo que já vinha acontecendo no ano passado: Bolsonaro lidera nos cenários sem Luiz Inácio Lula da Silva.

Com o petista condenado em segunda instância, Bolsonaro fica na segunda posição, indo ao segundo turno das eleições. Lula, provavelmente, não vai disputar o pleito já que ficará inelegível por conta da Lei da Ficha Limpa.

Com isso, o caminho fica ainda mais livre para Bolsonaro. O resultado, porém, não significa que Lula e Bolsonaro dividem o mesmo público.

O deputado federal é inimigo número um da esquerda brasileira. Por isso, o PC do B fez a postagem de ofensa a Bolsonaro em suas redes sociais.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo