O deputado [VIDEO] extremista Jair Bolsonaro (PSL-RJ) já tem como certa sua candidatura à Presidência da República [VIDEO]. O parlamentar geralmente ocupa a segunda colocação nas pesquisas de intenção de voto, vindo acompanhado de perto por Marina Silva. Bolsonaro é conhecido por sua praticamente nula produtividade na Câmara dos Deputados. Agora, como pré-candidato, sua falta de interesse aumentou. As faltas do deputado quadruplicaram, nesse momento pré-campanha.

Segundo um levantamento feito pelo jornal 'Folha de S. Paulo', Bolsonaro foi o pré-candidato à Presidência que teve mais faltas entre aqueles que possuem mandato.

O periódico informa que das 119 sessões do ano anterior em que era obrigatória a presença, Bolsonaro faltou 16. E o pior, sem justificar. O que representa 13,5%.

Em termos de comparação, a deputada estadual Manuela D'Ávila teve duas faltas sem justificativa na Assembleia do Rio Grande do Sul, o que representa 1,6%. Os senadores Fernando Collor de Melo e Álvaro Dias também tiveram duas faltas em sessões obrigatórias no Senado Federal, o que representa 1,8%, segundo a publicação.

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, é o único presidenciável que não teve nenhuma falta não justificada.