Nesta sexta-feira (20), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva [VIDEO]junto a seus advogados enumerou vários nomes de amigos, dentre eles o pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes (PDT), para visitá-lo na prisão. O documento foi direcionado à juíza Carolina Lebbos, responsável pela Vara de execuções penais (VEP) em Curitiba, no Paraná, para as respectivas autorizações.

O requerimento deverá ser analisado provavelmente na próxima segunda-feira (23), uma vez que as quartas-feiras são determinadas para celebrar o comparecimento de amigos e parentes de presos que se encontram sob custódia na Superintendência da Polícia Federal (PF), da capital paranaense.

Segundo as últimas informações do site de notícias "UOL", o documento que ainda foi entregue deverá ser deferido pela magistrada, motivado pela "relação de amizade" que o ex-presidente Lula celebra com todos os citados, conforme estabelece a legislação que reza sobre as visitas de pessoas presas no país, informou a publicação.

Desta feita, o dispositivo legal, ou seja, a Lei de Execução Penal contempla ao preso as visitas do cônjuge, da companheira, além de parentes e amigos em dias e horário pré-determinado. Lula foi condenado, a princípio, em regime fechado, [VIDEO]à pena de doze anos e um mês de prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Então confira o rol de pessoas autorizadas por Lula a visitá-lo na prisão:

1 - Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência pelo PDT;

2 - Zeca Dirceu, deputado federal (PT-PR);

3- Eduardo Suplicy, vereador pelo PT em São Paulo;

4 - Carlos Lupi, presidente do PDT;

5 - André Figueiredo, líder do PDT na Câmara;

6 - Marianna Dias, presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE);

7 - Pedro Gorki, presidente da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes);

8 - Luiz Marinho, pré-candidato do PT ao governo de São Paulo e ex-ministro de Lula;

9 - Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara dos Deputados e

10 - Wadih Damous, deputado federal (PT-RJ).

Mais de cem artistas assinam manifesto de soltura de Lula

O número de assinaturas para o manifesto [VIDEO] que protesta contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já ultrapassa cem nomes. Artistas de cinema e teatro fazem parte da manifestação pró-Lula. As informações são de autoria da colunista Mônica Bergamo, do jornal "Folha de S. Paulo", deste último sábado (21).

Ainda segundo o jornal, um pequeno trecho do documento esclarece que a "corrupção é a usurpação" de direitos e deveres do cidadãos consagrados pela Carta Magna de 1988.

No entanto, entre as celebridades que contemplam o manifesto estão as atrizes: Andrea Beltrão, Bete Mendes, Silvia Buarque e os cineastas Beto Brant, Claudio Assis, Luiz Carlos Barreto, Laís Bodanzky, Toni Venturi e Walter Lima Jr, dentre outros.