O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, teve sua prisão, de uma vez por todas, decretada pelo juiz federal Sérgio Moro, após o STF (Supremo Tribunal Federal) negar o habeas corpus pedido pelos advogados do ex-presidente.

Após a condenação em segunda instância do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4° Região), legalmente, Lula já poderia ser preso, porém, o petista tentou mudar isso com um recurso, para que só pudesse ser preso até esgotar todos os recursos disponíveis do réu em uma investigação.

O ex-presidente foi acusado de ser dono de um tríplex no Guarujá, no Litoral de São Paulo, o qual a Justiça o acusa de ter recebido em forma de propina da empreiteira Odebrecht. A acusação surgiu após algumas delações premiadas de diretores da empreiteira presidida por Marcelo Odebrecht.

Dentro da prisão!

Lula, na prisão, tem uma cela especial e recebe um tratamento diferenciado dos demais presidiários.

Isso porque a Justiça entende que, por ter assumido um cargo tão importante, como de presidente da República, ele merece, apesar de tudo, respeito.

Entretanto, lá de dentro, o presidente resolveu falar para a nação brasileira que está bem tranquilo, o que alivia os seus eleitores e provoca um pouco aqueles que são contrários ao petista. Ele completou dizendo que está indignado, pois acredita que é inocente.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula PT

O Partido dos Trabalhadores (PT) tinha Lula como o seu maior representante e o possível presidenciável, pois o mesmo era líder nas pesquisas presidenciais, sempre estando com cerca de 30% das intenções de votos. Com isso, o PT tinha Lula como a sua maior aposta para retornar ao poder.

Alguns líderes do PT apoiam para que o partido boicote estas novas eleições de 2018, pois acreditam na causa de Lula e julgam como uma grande injustiça ele estar de fora das eleições.

Candidato à presidência

Com a prisão de Lula, o PT ainda não sabe qual será o candidato do partido, ou se terá um candidato. Alguns ainda acreditam que tem uma pequena chance de Lula disputar o poder, mas para isao ele tem que provar a sua inocência para a Justiça.

No momento, os seus advogados tentam trabalhar para que ele consiga se livrar o mais rápido possível da prisão. Sua condenação em segunda instância foi de doze anos e um mês de detenção.

Em primeira instância, Sérgio Moro o condenou a nove anos e seis meses de prisão. Agora, os últimos recursos são no Supremo Tribunal Federal e Superior Tribunal de Justiça.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo