William Waack está de volta aos trabalhos e decidiu dar a sua opinião sobre um vídeo gravado pela senadora e presidente do PT, Gleisi Hoffmann, para a TV Al-Jazira.

Apenas para relembrar, a senadora falou ao mundo árabe que Lula seria um preso político e chamou todos para ajudarem a defender o ex-presidente. Algumas pessoas criticaram a postura dela e classificaram o vídeo como um assunto de segurança nacional.

O jornalista William Waack decidiu gravar uma resposta desse vídeo da senadora e detonou as suas concepções e sua atitude.

Na gravação, Waack afirmou que tomou conhecimento desse vídeo e falou que ficou bem confuso com as intenções dela. Segundo o jornalista, ele tentou entender que mundo árabe que ela se referia. “Seria o da cultura árabe?”, perguntou o jornalista. Se for nesse caso, ela está envolvendo milhões de pessoas que moram em vários lugares do mundo, como na França, Espanha, Estados Unidos e até mesmo no Brasil.

Em tom de ironia, Waack pensou e disse que isso não poderia ser e talvez ela esteja querendo chegar num mundo dos países árabes.

O jornalista afirmou que mesmo assim continuou com a mesma confusão. "Que países são esses? Será que eles têm a mesma linha política?", questionou mais uma vez o apresentador. Em uma aula de conhecimento, ele afirmou que ela poderia estar perdida, pois Marrocos, por exemplo, possui uma Monarquia Constitucional, já Arábia Saudita, que fica no outro canto, é uma Monarquia Absolutista, ou seja, não dá pra entender o que ela quer desses países.

Waack continua a humilhar a senadora e diz que se ela pensou na Jordânia, seria estranho, pois tem um Regime de Parlamento ou o Egito que possui uma linha política totalmente diferente do Brasil.

Ainda demonstrando confusão com o fundamento do vídeo, Waack questiona se ela estaria falando sobre religião, mas, pensando bem, ele afirmou que não pode ser, pois existem nesses países árabes muito cristãos.

Amizade de Lula

Num outro ponto do vídeo, Waack cita a amizade que o ex-presidente Lula teria com um ditador, mas ele já foi deposto, o país já se desintegrou e o ditador foi linchado. Lula teria ajudado esse ditador nos tempos do seu governo e teria recebido gentilezas que não foram especificadas.

Ignorância

Para o jornalista, esse vídeo gravado pela senadora traduz muita ignorância. De acordo com Waack, se a senadora prefere ignorar que o Brasil é um Estado de Direito, que os processos judiciais são legais e o que tudo aconteceu foi dentro da Lei, não tem muito com o que se espantar, pois "se é tão ignorante aqui, vai saber o que tá acontecendo lá fora", resumiu.

Veja o vídeo:

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo