O juiz federal paranaense Sérgio Moro, responsável pelas ações em primeira instância no Paraná da maior operação contra a corrupção já desencadeada no Brasil e um das maiores operações em todo o mundo, a Lava Jato [VIDEO], participou de um evento denominado "Fórum da Liberdade", que foi realizado esta semana na cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul.

O magistrado pôde palestrar em relação ao trabalho realizado em se tratando de todo o combate à corrupção implementado há alguns anos pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal [VIDEO]. Moro julga as ações a partir da 13ª Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba, no estado do Paraná.

Vale ressaltar que ele havia discursado anteriormente a viagem de volta a Curitiba em duas palestras na capital gaúcha para aproximadamente duas mil pessoas, inclusive com transmissão ao vivo através da internet e das redes sociais.

Sérgio Moro se pronuncia sobre realização de série sobre Lava Jato

Após ter participado do ‘’Fórum da Liberdade’’, em que o magistrado discerniu sobre vários temas, inclusive, fez elogios à ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber, a quem o magistrado considerou como uma pessoa centrada e que não busca holofotes, já que praticamente não concede entrevistas à imprensa, pôde alçar voo nesta quarta-feira (11) rumo ao Paraná.

Durante o trajeto, o magistrado paranaense foi indagado por integrantes da imprensa que se encontravam no avião a respeito do que ele pensava a respeito da minissérie produzida pelo Netflix "O Mecanismo", que vem se tornando grande sucesso, já que retrata a rotina dos trabalhos e os acontecimentos relacionados à força-tarefa da Operação Lava Jato.

O juiz Sérgio Moro foi categórico e respondeu de modo contundente em relação à produção da série. Para o magistrado e grande representante da Operação Lava Jato, os produtores e atores teriam “abusado da liberdade criativa”. De acordo com Moro, ele se dirigia de bicicleta, de vez em quando, em alusão à locomoção do juiz até o local de trabalho na Justiça Federal de Curitiba.

Ao ser indagado a respeito da série "O Mecanismo" se o ator que o interpretava se parecia ou não com ele, Moro foi taxativo ao balançar a cabeça negativamente. Após a aterrissagem da aeronave na região de Curitiba, um passageiro se aproximou do magistrado paranaense e disse que o Brasil inteiro estaria orando muito por ele.

Sérgio Moro sorriu, fez um gesto de agradecimento e seguiu seu caminho. Com jeito simples como qualquer passageiro, Moro entrou num veículo e foi seguido por outro de escolta.