A Força Aére Brasileira (FAB) confirmou a autenticidade de um áudio que está circulando nas redes sociais no qual um homem surge pedindo para que o ex-presidente Lula seja jogado do avião em que estava, quando acabou sendo preso no último sábado (7). Depois que se apresentou à Polícia Federal, ainda em São Paulo, o líder petista recebeu a notícia de que seria transportado em um avião fretado pela PF, para uma prisão federal em Curitiba, no Paraná, onde a Operação Lava Jato tem a sua sede de investigações. [VIDEO]

“Manda esse lixo janela abaixo”, diz o homem enquanto Lula estava sendo transportado para a capital paranaense.

“São verdadeiros”, disse o comando da FAB, com relação ao áudio que demonstra um comentário criminoso contra o ex-presidente. As torres do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, também confirmaram o acontecimento, mas explicam que o comentário agressivo não foi feito através dos controladores de voo, da mesma forma confirmou a torre de Bacacheri, em Curitiba. Ouça o áudio: [VIDEO]

'Não tenho respeito por ele'

No momento em que a pessoa pede para que Lula seja jogado para fora da aeronave, duas outras vozes surgem pedindo para que o indivíduo pare de fazer tal comentário, há suspeitas de que a frase tenha surgido da torre de Bacacheri, no entanto, ainda não existe confirmação. De acordo com alguns especialistas que analisam o caso para tentar encontrar o autor, será muito difícil para a Aeronáutica conseguir identificar o responsável pelo comentário agressivo contra o ex-presidente petista, exatamente no pior momento da vida política dele. [VIDEO]

A Força Aérea Brasileira, em post em sua rede social oficial, informou que as frequências aéreas utilizadas para comunicações desse tipo são literalmente abertas, ou seja, qualquer pessoa pode entrar na transmissão.

No entanto, o órgão explica que existe um padrão de comunicação para esse tipo de situação: “Devem utilizar a fraseologia padrão e se identificar”, disse a direção da FAB, que ainda explicou que a transmissão envolvendo o comentário agressivo contra o ex-presidente Lula foi realizado de forma inadequada exatamente feita por usuários que utilizaram do anonimato para ameaçar o ex-presidente e, também, contrariar as regras da Força Aérea Brasileira.

Ainda no rádio, um dos pilotos pede para que a pessoa tenha mais respeito com relação a Lula e à FAB, no entanto, como resposta, o anônimo disse que respeita as instituições brasileiras, porém, não tem respeito nenhum para com o ex-presidente e principal nome do PT no Brasil; “Mas manda esse lixo janela abaixo aí”, comentou.