O ex-ministro da Fazenda de Michel Temer [VIDEO], Henrique Meirelles, já deixou clara sua pretensão de ser candidato à presidência da República. Para começar a ganhar um pouco de terreno na disputa, resolveu atacar dois dos mais polêmicos pré-candidatos: Jair Bolsonaro e Ciro Gomes [VIDEO]. Meirelles afirmou que as candidaturas de ambos são um risco de instabilidade ao Brasil e as reformas que ele e Michel Temer traçaram.

Questionado sobre sua relação política com Michel Temer e a possibilidade de ser vice de chapa, Meirelles afirmou que isso não existe. O ex-ministro afirmou que esta convicto de que se Temer não for o candidato do MDB, ele será a opção garantida.

"Não há possibilidade de ser outro", cravou.

Questionado sobre quais seriam as diferenças entre sua candidatura e a de Michel Temer, Meirelles afirmou que não sabe o que está sendo preparado pelo companheiro de partido, que pode opinar apenas sobre as medidas que já foram implementadas pelo governo, as quais disse concordar. Meirelles disse que sua proposta de governo se baseia em três pilares: continuação das reformas, incluindo a da Previdência, avanço nos serviços públicos e "a maneira como o País funciona". E disse estar organizando visitas aos diretórios regionais para se apresentar como candidato.