Michel Temer [VIDEO] usou a terça-feira (24) para fazer duas reuniões visando futuros julgamentos no Supremo Tribunal Federal (STF). A primeira foi um encontro com o senador Aécio Neves [VIDEO] (PSDB-MG). A segunda, uma reunião fora da agenda com o ministro Gilmar Mendes. Segundo a repórter da Globo News e do G1, Andréia Sadi, o encontro entre investigado e ministro começou às 21h30 e acabou por volta de 23h. A conversa não consta na agenda oficial de Michel Temer. Já o dia a dia de Gilmar não é divulgado no site do STF desde o dia 20 de abril.

O encontro aconteceu uma semana antes do retorno do julgamento sobre a restrição do foro privilegiado a político.

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, marcou a retomada para o dia 2 de maio. Inúmeros políticos estão receosos com o julgamento.

Procurado por Sadi, Mendes afirmou que não tratou sobre o julgamento com Temer. O teor da conversa, segundo o ministro, teria sido a proposta de semipresidencialismo. Já o Planalto não respondeu ao contato.

Na manhã desta quarta-feira (25), Michel Temer se encontro com o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB-CE), mais um investigado pelo Supremo Tribunal Federal e com total interesse em manter seu foro privilegiado.