O primo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva virou notícia nessa semana por um fato bastante triste. [VIDEO]De acordo com o site da Revista Veja, em matéria publicada nesta segunda-feira (9), Sandoval Ferreira de Melo, primo de primeiro grau do político, acabou sendo assassinado. A morte ocorreu na madrugada de sábado (7), poucas horas antes do ex-presidente se entregar à Polícia Federal no Sindicato dos Metalúrgicos, [VIDEO] na cidade de São Bernardo do Campo, no estado de São Paulo, e, mais tarde, ser encaminhado para a sede da PF em Curitiba, no Paraná. É lá que estão presos políticos e empresários condenados pela Operação Lava Jato, principal apuração contra a corrupção já realizada no país;

Lula perde primo assassinado no mesmo dia de sua prisão na Lava-Jato

Sandoval Ferreira de Melo era primo de primeiro grau do petista e tinha setenta anos.

Ele foi baleado durante um possível assalto, ao menos é o que a polícia garante. O fato ocorreu em um reduto petista histórico, a cidade de Garanhuns, no estado de Pernambuco. O primo de Lula chegou a ser atendido, sofrer os primeiros socorros e foi levado para o Hospital da cidade de Caruaru. A morte do primo do ex-presidente aconteceu na mesma região onde Luiz Inácio Lula da Silva nasceu e deu os seus primeiros passos na política, antes de se encaminhar para São Paulo.

Dois homens assaltam e matam o primo de Lula, em Pernambuco

Uma morte de uma pessoa ligada ao ex-presidente nessa altura do campeonato surpreende a todos e, é claro, gera especulações políticas. Afinal, Sandoval sabia de algo que ninguém mais sabia? Aparentemente não. Isso porque a Polícia Militar confirma que a motivação do assassinato seria um roubo.

Sandoval, o primo do ex-presidente, estava com amigos bebendo em um bar da cidade pernambucana, quando dois homens surgiram e anunciaram que estava encaminhando um assalto.

Primo de Lula teria lutado contra assaltantes, antes de ser baleado, diz polícia

A polícia militar confirmou que bandidos teriam levado os celulares de algumas vítimas que estiveram no assalto. No entanto, o primo de Lula acabou decidindo ter uma 'luta' com os criminosos e levou alguns tiros. Ele foi baleado na região da barriga e também no tórax. De acordo com informações do site da Revista Veja, que deu com destaque o caso em sua home, o número de disparos efetuados ainda é incerto, devido a informações diferentes dadas pelas testemunhas. A polícia, porém, trabalha com a hipótese de dois ou três tiros.

A polícia investiga o caso, mas os criminosos não foram identificados. Após balearem Sandoval, eles fugiram do lugar, onde houve o tiroteio.