O juiz federal Sérgio Moro, titular da 13ª Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba, capital do Paraná, e responsável pela condução das ações da Operação Lava Jato [VIDEO] em primeira instância no estado, que é considerada a maior operação anticorrupção em toda a história contemporânea brasileira e vista como uma das maiores já desencadeadas em todo o mundo, terá que se debruçar consistentemente em relação ao cumprimento da decretação de prisão do ex-presidente da República [VIDEO] Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Vale ressaltar que o ex-mandatário petista se encontra aquartelado na sede do Sindicado dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, na Região Metropolitana de São Paulo, desde quinta-feira (5), após a o mandado de prisão expedido pelo juiz Sérgio Moro.

Apesar da defesa do ex-presidente Lula ter impetrado novos habeas corpus preventivos para que se pudesse evitar a prisão, tanto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) quanto ao Supremo Tribunal Federal (STF), ambas as medidas foram rejeitadas pelos ministros relatores da Operação Lava Jato nos respectivos tribunais: Félix Fischer, do STJ, e Luiz Edson Fachin, do STF.

Atuação da Operação Lava Jato e mandado de prisão contra Lula

A Operação Lava Jato deverá dar uma resposta firme nas próximas horas deste sábado (7) em relação à determinação do cumprimento do mandado de prisão imposta ao ex-mandatário petista. Ele foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão na ação relacionada ao caso do apartamento tríplex do Guarujá (SP).

De acordo com setores da imprensa, como informa o site O Antagonista, trata-se de extrema relevância que já nas próximas horas possa ser cumprido de modo efetivo o mandado de prisão para que não ocorra nenhum tipo de risco de desmoralização da Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Vale salientar que o juiz Sérgio Moro concedeu uma entrevista a uma emissora de televisão chinesa. O magistrado foi contundente ao afirmar que não haveria qualquer tipo de razão para que fosse adiada a ordem de prisão decretada contra o ex-presidente Lula, condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A sentença se refere às investigações que remontam ao mega escândalo do “Petrolão", que culminou em rombos bilionários por meio de desvios nos cofres públicos da maior estatal brasileira, a Petrobras. Há informações de que Lula deverá ser entregue neste sábado à Polícia Federal após a missa de um ano de morte de sua esposa, Marisa Letícia.