As contas de campanha de 2012 do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) foram reprovadas Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O partido terá que devolver uma quantia milionária. O ministro Jorge Mussi foi quem desaprovou as contas do partido.

O diretório nacional teve os valores reprovados e terá que ressarcir montante de 5,442 milhões de reais para os cofres públicos. Já as contas do Partidos dos Trabalhadores (PT) foram aprovadas, mas com ressalvas.

Entenda o caso do PT

O Partido dos Trabalhadores foi punido [VIDEO] e terá que devolver 1 milhão e meio de reais porque não usou o valor mínimo do fundo partidário exigido por lei para a promoção da mulher na política, que era de 5% do total arrecadado com o fundo.

O PT não vai recorrer da decisão. [VIDEO]

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral Edimar Gonzaga ressaltou que o partido deverá usar 2,5% a mais do valor mínimo exigido para a próxima campanha eleitoral.

Entenda o caso do PSDB

Em se tratando dos tucanos, o Diretório Nacional do partido terá que devolver o montante de mais de 5 milhões por diversas irregularidades e, por isso, as contas foram reprovadas. As irregularidades dizem respeito a pagamentos de despesas com passagem aéreas, além de locação de veículos, hospedagem, com assessoria, marketing e consultorias.

O partido realizou o pagamento de 9.125,74 reais sem ao menos ter usado as passagens aéreas, informou o TSE. Também foram encontradas irregularidades nos repasses aos diretórios estaduais do partido. Entre eles, os do Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Alagoas e Pará.

Além disso, o PSDB, assim como PT, não destinou o valor mínimo de do fundo partidário para a promoção da mulher na política e terá que investir mais nesta área na próxima campanha eleitoral, que ocorrerá este ano.

Pena mais elevada foi para o PSDB

Outra valor irregular encontrado nas contas foi direcionado para contratação de uma empresa que seria responsável por gerenciar o conteúdo de web. O valor neste caso foi de R$ 675 mil.

Entre todos os partidos, o PSDB é o que mais deve e terá que devolver mais dinheiro aos cofres públicos. O PT terá que devolver [VIDEO]o valor de 1,5 milhão, enquanto o DEM (antigo PFL) terá que reembolsar 1 milhão de reais.

Ministério Público e Asepa também desaprovaram contas do PSDB

O Ministério Público também deu seu parecer reprovando as contas do PSDB. A Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias (Asepa) do TSE fez parecer desaprovando as contas do diretório tucano. O PSDB disse em nota que vai recorrer da sentença.