O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Lula) do PT - Partido dos Trabalhadores, maior líder da esquerda do país, pode ser preso a qualquer momento. Acontece que, após o julgamento do habeas corpus do presidente Lula pelo STF [VIDEO], ordem que foi denegada pela 'maioria' do tribunal, que venceu por seis a cinco as discussões sobre a concessão ou não da ordem ao ex-presidente, o Tribunal Regional Federal da quarta região decidiu adiantar 'um pouco mais' e já determinar a prisão.

Embargos dos Embargos

Muitos juristas acreditam ser possível a interposição dos chamados 'embargos dos embargos', porém, como alguns juízes costumam negar tais pedidos, alegando que são protelatórios, o Tribunal Regional Federal da quarta região decidiu que não vai esperar tempo para os embargos dos embargos e considerou esgotada a jurisdição da segunda instância.

Lula pode ser preso a qualquer momento

Com a decisão, o Tribunal Regional Federal da 4ª região enviou ofício para o juiz federal Sérgio Moro, da décima terceira vara de Curitiba (conforme divulgado no G1), para que o juiz do caso seja responsável pela execução da pena e a decretação da prisão do ex-presidente Lula.

Pouco antes da notícia, a defesa do ex-presidente havia concedido entrevista coletiva alegando que não havia pressa, pois prisão em 2ª instância (execução antecipada) é inconstitucional e que a defesa ainda decidiria se entraria com embargos dos embargos (precedimentos no Tribunal) ou se entraria com os recursos aos tribunais superiores.

Habeas Corpus no STF

Há um habeas corpus no STF pedindo liminar ao Ministro Marco Aurélio, para que conceda a decisão provisória até o julgamento das ações declaratórias de constitucionalidade, não pautadas pela presidente Cármen Lúcia, porém, é difícil que a decisão seja favorável.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Sergio Moro Lula

Entrevista de Moro e fala sobre a prisão de Lula

Recentemente, no programa Roda Viva, da TV Cultura, o Juiz Federal Sérgio Moro, titular da 13ª vara federal de Curitiba já havia antecipado que, como a decisão dele é revista em apelação pela segunda instância, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, caso a decisão fosse mantida, e fosse expedido ofício autorizando a execução antecipada da pena, o Juiz Federal Sério Moro alegou que teria de prender Lula, pois estaria condicionado à ordem do TRF4, não teria outra opção.

Com tal situação, resta claro que o ex-presidente Lula deve ser preso nos próximos dias, ou mesmo nos próximos momentos. Basta aguardar, pois a esquerda prometeu reagir.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo