Um vídeo inédito foi divulgado na página do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No inicio do vídeo Lula diz que quer fala algo para os brasileiros com relação a sua rendição de resistência ao mandato de prisão determinado por Sérgio Moro. Segundo o ex-presidente, ele se entregou por não ter medo das denúncias contra sua pessoa e também para provar que é inocente. Durante o vídeo, o petista também revela que teve chances para fugir para o exterior, mas não fugiu para provar a sua inocência.

Publicidade
Publicidade

Lula disse que esteve na divisa do Paraguai com o Brasil e também na divisa de Uruguai com a Argentina, ou ainda poderia ter ido para uma embaixada e que poderia ter saído, mas não quis, para provar a sua inocência, pois, segundo ele, "inocente não foge e sim enfrenta o problema até que seja resolvido". O petista disse que se existem políticos que não tem honra e não se defendem é um problema deles, mas ele tem muita honra e queria se defender.

No vídeo, Lula havia dito que estava disposto a ir á Curitiba, na sede da Policia Federal para se apresentar e saber o que Sérgio Moro e a justiça queriam com ele.

O ex-presidente falou também que iria provar que as denúncias contra ele eram todas mentirosas. Além disso, alega que a justiça sabia que todas as denúncias eram mentiras inventadas apenas para condená-lo e tirá-lo da disputa política, e questionou se estariam dispostos a entrar em discussão sobre o assunto.

Lula disse que Sérgio Moro já virou serviçal da Rede Globo, e a Globo é quem dava veracidade das mentiras que Moro inventou contra ele. O petista finaliza o vídeo dizendo que por estes motivos estaria indo para Curitiba se encontrar com a justiça e pediu para que o povo que fosse em seu favor e lutasse com vontade de vencer e que era somente isso, pois ele estaria naquele momento com a consciência limpa; com uma consciência de inocente.

Publicidade

Lula se apresentou à Polícia Federal no Dia 7 de abril

O ex-presidente Lula se apresentou à Policia Federal e foi preso no dia 7 de abril. Antes de ser preso, ele esteve na sede do Sindicato dos Metalúrgicos por dois dias em São Bernardo do Campo. O prédio fica no centro do ABC. Lula saiu andando por volta das 18h42 da sede do Sindicato em direção a outro prédio que estava bem próximo, no qual estavam policiais da Federal.

O petista não pôde se entregar antes à Polícia, pois a militância não o deixou passar.

O comboio seguiu pelas vias de São Bernardo e São Paulo até chegar á superintendência da Policia Federal. No local aguardavam pela chegada do ex-presidente Lula, manifestantes a favor e contra a sua prisão.

Leia tudo