Mais uma pesquisa sobre as intenções de voto dos eleitores às Eleições para Presidente da república foi divulgada nesta segunda-feira (14). O levantamento foi feito pelo CNT/MDA e testou vários cenários, dentre eles uma possível não candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso em Curitiba. O levantamento foi feito entre os dias 9 e 12 de maio e entrevistou 2002 pessoas de 137 cidades. A margem de erro da pesquisa é de 2,2% para mais ou para menos.

Sem o ex-presidente na disputa, o líder nas intenções de voto é o deputado federal Jair Bolsonaro. O candidato do PL aparece com 18,3% das intenções de voto, um pouco à frente de Marina Silva, da REDE, cuja pesquisa revelou ter 11,2%, enquanto que Ciro Gomes, do PDT aparece bem perto, com 9% da preferência do eleitorado.

A diferença entre Marina e Ciro é considerada empate técnico quando levada em conta a margem de erro.

Neste cenário sem Lula, a pesquisa considerou o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Hadad, como o candidato do Partido dos Trabalhadores, e ele aparece com 2,3% das intenções de votos. O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, conta com a preferência de apenas 4% dos eleitores ouvidos. O ex-presidente Fernando Collor de Mello (PTC) foi citado por 1,4% dos entrevistados enquanto que os demais candidatos não alcançaram 1% das intenções de votos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Eleições

Eleitores que declararam votos brancos e nulos totalizaram 29,6%, enquanto que o percentual de indecisos é de 16,1%.

Quando o nome de Lula é colocado entre os candidatos, o polêmico deputado federal praticamente se mantém estável, com 16,7% contra 32,4% do petista. Já Marina Silva cai para 7,6% e Ciro Gomes para 5,4%, o que mostra uma migração de votos entre eleitores de Lula, Marina e Ciro.

Segundo tuno

A pesquisa também simulou 16 cenários distintos para um eventual segundo turno.

O ex-presidente Lula, que foi colocado em cinco desses cenários, venceria todos eles: Bolsonaro, Marina, Alckmin, Henrique Meirelles e o atual presidente Michel Temer, esses dois últimos do PMDB. Já Bolsonaro só perderia para Lula, empataria tecnicamente com Marina e venceria Ciro, Meirelles, Temer e Haddad - este último que foi colocado no lugar de Lula.

O levantamento também colocou Geraldo Alckmin confrontando, além de Lula e Bolsonaro, o qual perderia para ambos, outros três candidatos no segundo turno.

O tucano seria derrotado por Marina, venceria Haddad e apresentaria empate técnico com Ciro Gomes, este que, por sua vez, sairia vencedor em um embate contra Temer ou Meirelles.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo