As consequências da Greve dos Caminhoneiros mobiliza grande parte da população. A falta de combustível e o déficit de reposição de alimentos em mercados gera clima de instabilidade e preocupação. O governo do presidente da República Michel Temer tenta solucionar o caos e atender as medidas impostas pelos caminhoneiros, no entanto, o acordo segue com dificuldades.

Em meio ao caos da crise, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em 12 anos e um mês de cadeia, acompanha tudo dentro da sua cela na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, Paraná.

Lula está de olho nos últimos acontecimentos e bola uma estratégia para chamar atenção do povo brasileiro.

Lula quer manter contato com a população através de vídeos, recentemente ele enfatizou que deseja fazer gravações para que sejam disponibilizadas na imprensa. A presidente do PT, Glesi Hoffmann entrou com um pedido na Justiça em apoio ao líder de seu partido, para que o petista possa gravar seus vídeos sem nenhum problema, mesmo que dentro da cadeia.

Gleisi justificou que Lula é um ''cidadão como qualquer outro'' e que poderia manifestar suas opiniões. O que chama atenção é que Gleisi, assim como Lula, também é réu e alvo de processos na Justiça. Conforme Lula foi preso, a senadora se tornou a porta-voz do partido e uma mensageira de Lula. Segundo o portal ''O Antagonista'', Gleisi é a ''garota dos recados'' do ex-presidente.

PT e a greve dos caminhoneiros

O Partido dos Trabalhadores estaria se aproveitando das diversas críticas ao governo de Michel Temer devido à greve dos caminhoneiros para ''se promover''.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Política

O partido que se tornou um dos maiores alvos nas investigações da Operação Lava Jato usa a queda de Temer para colocar em evidência a candidatura do ex-presidente Lula nas eleições deste ano.

A condenação de Lula impede de que ele concorra a um cargo público. Lula foi barrado pela Lei Ficha Limpa e tudo dependerá da posição dada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Neste último domingo, 27 de maio, petistas fizeram um ato a favor da candidatura de Lula.

O objetivo foi mostrar qual era o preço do combustível na época do governo Lula/Dilma.

Os caminhoneiros em greve enfatizaram que o objetivo da paralisação é mostrar que estão do lado da população brasileira e que são contra a corrupção. O rombo nos cofres da Petrobras se torna, hoje, um equívoco no preço dos combustíveis, prejudicando a população.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo