O presidente Michel Temer caminha para o final de seu último ano na Presidência do Brasil e, junto com ele, inúmeras críticas e baixa popularidade tomam conta de seu Governo, mesmo a economia ignorando tal fato. Diante de Temer, vem uma eleição indefinida e totalmente estranha, onde políticos são açoitados pelas investigações da Operação Lava Jato.

Conforme informações do jornalista Igor Gielow, da Folha de São Paulo, o ex-presidente José Sarney se encontrou com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em Nova York, e colocou uma questão considerada grave, em sua visão. Sarney sente o temor de uma intervenção militar, já que o país ainda vive um caos com toda a corrupção e tudo pode piorar

PSDB e MDB começaram a dialogar e buscar soluções contra uma possível chegada dos militares.

Conforme o colunista, o grau de radiação política transformou o lugar numa espécie de "tchernobil" da política.

O governo tenta passar uma imagem para a imprensa de que tudo caminha bem, mas, por trás dos bastidores, a coisa anda estranha. Há cenários de ingovernabilidade agudam daqui para o final do ano. Tucanos também temem ficar perto de Temer e acabarem sendo repudiados pelo povo, já que a popularidade dele é baixíssima.

Fase terror

Um ministro com grande trânsito à Esquerda e à Direita, deu fortes declarações e jogou uma sombra de obscuridade sobre a classe política. Segundo esse ministro, o pior está por vir e a fase "Terror da Lava Jato" vai tomar conta de todos.

Um jantar na casa de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) comprovou o fato. Colegas de corte, integrantes de outros tribunais superiores passaram horas comentando sobre as atuações do Judiciário e a conclusão é que foi pintado um alto grau de assombração sobre tudo.

Candidatos novos somem

Diante de todas essas perspectivas, Igor Gielow fez uma interpretação interessante: candidatos novos que poderiam ser o diferencial nas eleições surgiram, mas sumiram. Outro ponto é o PT, que mesmo tendo o seu grande líder preso e condenado pela Lava Jato [VIDEO], ainda insiste na tecla de voltar ao poder.

Alguns otimistas acreditam que toda essa tensão ajudará a buscar caminhos mais corretos para o futuro do país. Porém, ainda vão surgir muitos sobressaltos e gente poderosa pode desmoronar diante de fortes investigações.

A fase Terror da Lava Jato [VIDEO] está por vir e junto com ela pode chegar um apoio forte das Forças Armadas. Isso tem causado uma grande preocupação na classe política.