Em parceria com a Folha e com o SBT, o UOL iniciará na próxima segunda-feira, dia 7, uma série de sabatinas com os pré-candidatos à presidência da República em 2018. No entanto, Luiz Inácio Lula da Silva, o Lula [VIDEO], atualmente preso, não foi listado como um dos entrevistados.

A situação irritou a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, o PT, Gleisi Hoffmann [VIDEO]. Em seu Twitter, ela lembrou que Lula "não teve os direitos políticos suspensos".

"Passando pra avisar que Lula não está com seus direitos políticos suspensos. Será candidato. Excluir sua representação de entrevistas só evidencia o caráter antidemocrático desses veículos de comunicação.

Lembrem-se que ele está em primeiro nas pesquisas, assim como o PT!", escreveu em sua conta oficial no micro-blog.

A presença de Lula ou não nas eleições ainda é uma incógnita, mas o PT segue otimista e trabalha apenas com esse nome para o pleito que se avizinha em 2018. Desde 7 de abril, Lula está preso na Polícia Federal de Curitiba, PR. A série de entrevistas da UOL, Folha e SBT começa nesta segunda-feira com Álvaro Dias, senador do PODEMOS-PR. Já no dia 11 de maio será a vez de Marina Silva. Geraldo Alckmin e Jair Bolsonaro não confirmaram data.