Nos últimos dias, o Brasil vem experimentando um gostinho mais salgado no preço dos combustíveis, e o que mais chamou a atenção foi o abusivo preço da gasolina, que há alguns anos tem estado na berlinda das responsabilidades dos brasileiros que possuem veículos que a utilizam.

O combustível derivado do petróleo vem beirando a quase R$ 5,00 o litro. O diesel também ficou salgado, a ponto de haver diversas manifestações por parte de caminhoneiros contra o reajuste do diesel nesta segunda-feira (21).

Certamente a alta do dólar e o valor do petróleo influenciaram os valores altos, mas os encargos não ficam por menos, por vezes abusivos. Nesse cenário vem Meirelles, ex-ministro da Fazenda, mirando a presidência do Brasil pelo MDB nas Eleições deste ano.

Henrique Meirelles, a economia, e mais números

Basta acessar a página do ex-ministro da Fazenda em sua biografia ou em sua conta no Twitter para achar números e mais números, e dados sobre a economia, os quais mostram seu trabalho junto ao governo Temer, ultimamente na Fazenda, tudo a ver com economia.

Sabendo da insatisfação do brasileiro com a alta nos combustíveis, Meirelles aproveitou o cenário e fez sua 'deixa', propondo uma solução, quebrando um paradigma, já de olhos na presidência da República, concorrendo como pré-candidato com Temer se recolhendo.

O plano de Meirelles com Temer de 'molho'

Já nesta terça-feira (22), espera-se que Temer dê lugar ao ex-ministro da Fazenda com pré-candidato ao MDB.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Eleições

Embora as rejeições sejam altas, Meirelles vem procurando sempre mostrar otimismo, ressaltando o projeto e o histórico.

Em matéria publicada no site da Folha de S.Paulo desta segunda-feira (21) fica explícita a confiança do ex-ministro em relação à diminuição dos impostos que, segundo ele, é certa, caso ganhe, obviamente.

Mas os adversários também se movem. Em contra partida da impopularidade de Temer e Meirelles, há o pré-candidato que conquista populares: o dantes 'polêmico' parlamentar Jair Bolsonaro.

Em cenário sem Lula, o militar de direita Jair Bolsonaro que liderou pesquisa para presidente, também enfrentará Meirelles nessas eleições. Além disso, o ex-militar vem mantendo conversas de longa data com Paulo Guedes, este um dos mais renomados no setor econômico, também com interesses em baixar os impostos do país, que estão entre os maiores encargos do mundo.

Espera-se que no "Encontro com o Futuro", Temer renuncie a pré-candidatura e dê a vaga da berlinda de presidenciável a Henrique Meirelles para a disputa eleitoral, algo decidido pelo MDB.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo