4

Raquel Sheherazade a jornalista do SBT [VIDEO] faz um infeliz comentário em um do seu vídeo falando sobre a greve [VIDEO] dos caminhoneiros [VIDEO] e a situação atual do Brasil, ela fala sobre o que esta greve está causando no país. A jornalista começa o seu vídeo dizendo que há pneus queimados nas estradas, bloqueando as passagens dos carros, infligindo o direito de ir e vim, fila nos postos de combustíveis, supermercados sem mantimentos, dizendo que começa faltar medicamentos farmácias aeroportos parados, etc.

Shererazade chama os caminhoneiros de arrogantes e irresponsáveis; veja alguns pontos levantados por ela

Disse que a greve [VIDEO] transformará o pais em um modelo venezuelano de um caos econômico e social e que não é isso que a maioria dos brasileiros querem, Raquel afirma que a reivindicação do setor é justa, que a nova alta dos combustíveis e indigesta, mas que e feito uma avaliação internacional de preço que dita quanto vai custar o litro do óleo no Brasil e no mundo.

Concorda também que os impostos sobre os combustíveis são altos mesmos, mas que não pesam só no bolso dos caminhoneiros, pesa no bolso de todos os brasileiros, e completa dizendo que toda carga tributária é injusta, pois ela não trás uma contra partida para quem contribui.

Raquel [VIDEO] Sheherazade [VIDEO] questiona se a população esta disposta a se sacrificar para que o Governo reveja o preço dos combustíveis, e pondera que, se sacrificarmos a Petrobrás, quem vai arcar com os custos da empresa?

"De qualquer jeito a conta vai cair sobre o povo brasileiro", afirma a jornalista

Questiona se vale a pena sacrificar a paz levando um país inteiro a um barril de pólvora de pouca estabilidade que foi conquistado. Ela diz que ja sofrermos o bastante com a incompetência política e administrativa, e que isso não vale a pena nos sacrificarmos mais.

Raquel diz que há um interesse político com essa greve dos caminhoneiros. "Há quem interessa um novo colapso econômico!, Quem está por trás dos líderes dessa greve? Que nos obriga a parar as nossas vidas", afirma.

Raquel Sheherazade chama essa estratégia de "velha manobra de quanto pior, melhor". Pondera que esta estratégia tende a quebrar o Brasil, que é preciso deixar o país à beira de um abismo, para que surja um salvador da pátria; aquele que irá tirar o Brasil da desgraça, o escolhido, que fará do Brasil um paraíso.

Ela continua dizendo que as eleições estão chegando e o que não falta é apoiadores políticos com interesse nas desgraças alheia, enganando a população com mentiras, mitos, marmeladas, etc.

Finaliza dizendo que essas coisas não a seduzem mais, e pontua acusando esta greve de oportunista.