Geraldo Alckmin iniciou sua pré-campanha há pouco tempo, porém, já sofre com as dúvidas impostas por aliados. Com o mau desempenho nas pesquisas de intenção de voto, não conseguindo se destacar nem em São Paulo, onde supostamente deveria ser sua maior reserva de votos, Alckmin já enfrenta a desconfiança de seus pares.

O DEM, um tradicional aliado do PSDB, já questionou publicamente a viabilidade da candidatura do ex-governador de São Paulo.

O presidente da Câmara dos Deputados e apontado como pré-candidato à Presidência da República pelo DEM, Rodrigo Maia, afirmou há alguns dias que a aliança entre os partidos estava na hora de ser rompida, por exemplo.

O que fez aumentar ainda mais a desconfiança com relação a candidatura de Alckmin foi a queda na última pesquisa CNT/MDA de intenção de voto. O tucano paulista caiu de 10% para meros 5%.

Segundo a Folha de S. Paulo, uma reunião nesta semana analisou uma pesquisa qualitativa em que o eleitorado associava Geraldo Alckmin com a velha política e as ideias que estão sendo implementadas pelo governo de Michel Temer. Em outras palavras: totalmente impopular.

A Folha também voltou a citar o nome de João Doria como um plano B tucano. Segundo a publicação, um correligionário próximo ao ex-prefeito sugeriu que parte da bancada estadual do partido comece a pressionar por sua candidatura.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PSDB

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo