O parlamentar e presidenciável, Jair Bolsonaro (PSL) [VIDEO], esteve no início da tarde desta terça-feira (3), envolvido em momento inusitado dentro da sua carreira política. Voltando de uma reunião com empresários em São Paulo, para Brasília, ele foi abordado por uma mulher que, visivelmente, no vídeo publicado, estaria com altas taxas de embriaguez, assim como descreveu o parlamentar, posteriormente. Bolsonaro teve que se trancar no banheiro para se livrar da mulher.

No vídeo, publicado pelo filho e deputado, Eduardo Bolsonaro [VIDEO], uma mulher que não foi identificada começou a gritar e afirmar que o parlamentar tinha que lhe ouvir, pois ela era a voz do povo.

Muitas vezes, antes que Bolsonaro se trancasse no banheiro, ela perguntava qual o nome do Bolsonaro, enquanto os seguranças tentavam conter as ações dela. A mulher chegou a dizer que era seu direito como cidadã ser ouvida.

No vídeo ainda, a mulher diz para o parlamentar olhar para ela com seus olhos azuis. Visivelmente, Bolsonaro se sentiu constrangido e estava sem saber como lidar com a situação inusitada. Depois que entrou no banheiro masculino, a mulher desferiu xingamentos ao deputado, e começou a gritar e pular dentro do aeroporto. Ainda ficava perguntando se os passageiros queriam o nome dela, o que mostrava, a alta taxa de embriaguez da mulher que, até o momento, não foi identificada.

Enquanto Bolsonaro se escondia da mulher dentro do banheiro masculino, o parlamentar tirou selfies com seus simpatizantes.

Até que a mulher tentou entrar no banheiro dizendo que, se o parlamentar quisesse ser presidente, teria que olhar para ela. Contida por outros homens, outra mulher gritava para não encostar na garota, porém, a mulher “embriagada” gritava que queria fazer uma pergunta. Os homens ainda cobraram uma solução dizendo que ninguém chamou os seguranças do aeroporto. Outras mulheres tentaram tirá-la da confusão.

Outra mulher perguntou se os homens não tinham preparo para lidar com isso, outro - que pela voz aparentava ser o filho de Bolsonaro, Eduardo, disse que eram passageiros e não tinham obrigação nenhuma de ter preparo. Segundo o jornal Estado de São Paulo [VIDEO], essas imagens são bem diferentes do que o candidato mostra nas redes sociais, com pessoas o recebendo no aeroporto.

Quando chegou em Brasília (DF), Bolsonaro explicou que a mulher estava em alto estágio de embriaguez. Ainda continua, que essa mulher não aguentava nem ficar em pé, e que começou a soltar xingamentos contra ele. Bolsonaro afirmou que foi para o banheiro masculino para, exatamente, não ter contato com ela.

Vejam o vídeo: