O portal de mídia e notícias Catraca Livre declarou-se publicamente contra o deputado e presidenciável Jair Bolsonaro do PSL (Partido Social Liberal), via Facebook neste domingo (15), com a hastag #BolsonaroNão logo no final de tarde, exatamente às 18 horas e 44 minutos. Denunciado, o post saiu do ar, mas o Catraca republicou por volta das 11hrs desta segunda-feira (16) pelo horário de Brasília; no entanto, esta não é a primeira vez [VIDEO] que o site manifesta-se contra Jair Bolsonaro, já que o site é tido por muitos como de esquerda.

Apesar do fato, ultimamente o portal Catraca Livre vem tomando posições mais radicais nas últimas vezes no que diz respeito à pessoa de Bolsonaro do que antes e isso se dá devido a corrida presidencial [VIDEO].

Considerado por seus eleitores como um candidato de direita [VIDEO], Jair Bolsonaro ou é amado ou odiado e há ainda aqueles que o escolhem por ser "o menos pior", ainda assim, a direita política, mesmo que um tanto dividida, por vezes une forças contra a esquerda no país. O ato reflexo também vem por parte da mídia, que forma opiniões, ou, concretiza fatos confirmando opiniões já formadas apenas apresentando informações; foi o que aconteceu no grupo fechado denominado: "Jair Bolsonaro - O Mito", que também trouxe à tona o referido post do portal Catraca Livre.

O que diz o post com a hastag #BolsonaroNão do Portal Catraca Livre

Via Facebook, o administrador da mídia do Portal Catraca Livre sem perder tempo, já começou o post com a hastag #BolsonaroNão agradecendo em seguida aos milhares de leitores que tem enfatizando os comentários dos mesmos, na mídia social do Facebook, que conta com quase 9 milhões de curtidas, embora parte destes apenas sigam a rede para rir, daquilo que chamam de "mimimi" no jargão popular, principalmente em assuntos como "homofobia" e "machismo".

Ainda no texto, o Catraca Livre afirma, que os comentários estão ajudando o portal/site a preparar um texto sobre o presidenciável que, segundo eles, será lançado ainda nesta semana; agradece a crítica, e diz não apoiar nenhum candidato ou partido; tal declaração possivelmente teria impulsionado diversas risadas no post (até o presente momento), incluindo, quando a mesma fala em: "Tortura", regime militar, "machismo", estrupo, e coisas do gênero, ambas já rebatidas por Jair Bolsonaro e aparentemente entendidas pelos seus eleitores, inclusive, quanto o apoio a Hugo Chávez na época.

O portal ainda afirmou que Bolsonaro é um risco para a democracia e aos direitos humanos, apontando que o mesmo não é de centro nem de esquerda e nem de direita, declarando ainda que, devido a seus 21 milhões de leitores (segundo a mesma), não deveria ficar neutra diante do que considera um risco.

(É possível que o post acima saia do ar devido à denúncias)

Catraca Livre X Jair Bolsonaro: "A ordem que vem de cima"

O embate do portal e site do Catraca Livre é antigo, e não vem de agora; o escritor, jornalista e criador do portal, Gilberto Dimenstein também já manifestou-se publicamente (também por meio das mídias sociais), que o site é contra o parlamentar Jair Bolsonaro.

Dono do Catraca, Gilberto Dimenstein também já foi do Folha de São Paulo, jornal este que historicamente também coleciona desafetos com o parlamentar.