Veja todos os detalhes do debate ao vivo. Abaixo do vídeo, há informações de tudo o que está acontecendo.

5º BLOCO

01h12 - Termina o debate

00h57 - Candidatos terão um minuto para considerações finais.

Ciro Gomes é o primeiro. Boulos fala na sequência. Em seguida, Marina Silva. Logo depois, Bolsonaro. Alvaro Dias vem na sequência. Cabo Daciolo cita versículo bíblico. Logo depois, vem Geraldo Alckmin e Henrique Meirelles encerra.

4º BLOCO

00h52 - Termina o quarto bloco.

0h37 - Jornalistas continuam perguntando.

Bolsonaro responde sobre "cotão" para deputados e pensão para filha de militares.

0h10 - Jornalistas perguntam

Fábio Panunzio pergunta a Cabo Daciolo sobre protestos e greves dos caminhoneiros e policias.

Candidato diz que estava ao lado dos caminhoneiros e garante que investirá nas refinarias e vai abaixar o preço do combustível em 50%.

Henrique Meirelles diz que Brasil não pode ficar refém de determinados grupos. Candidato garante que em um governo seu, o preço do combustível seria estável.

Mediador do debate, Boechat recorda pergunta inicial sobre greve dos policiais militares.

0h10 - Começa o quarto bloco.

3º BLOCO

0h07 - Termina o 3º bloco.

0h - Ciro x Bolsonaro

Ciro pergunta a Bolsonaro como retirar os 63 milhões de brasileiros que estão com o nome no SPC.

Clima é cordial entre os candidatos.

Bolsonaro devolve a pergunta para Ciro.

23h48 - Alckmin x Marina

Candidato pergunta sobre educação para Marina Silva.

23h45 - Bolsonaro x Cabo Daciolo

Bolsonaro e Daciolo trocam gentilizas. Daciolo fala de Deus a todo tempo e garante que é cristão.

Bolsonaro é aplaudido após criticar Alckmin e aliança com o centrão.

23h40 - Ministério da Justiça

Alvaro Dias defende Sergio Moro no ministério da Justiça. Alckmin fala em acabar com crime do colarinho branco e reforma política.

23h36 - Começa o terceiro bloco.

2º BLOCO

23h31 - Termina o segundo bloco.

23h23 - Aborto

Boulos afirma que não é à favor do aborto, mas é favorável ao direito das mulheres de decidirem.

Marina pretende realizar um plebiscito para saber a opinião da população.

23h20 - Falas e frases

Cabo Daciolo afirmou que o problema do Brasil é a falta de amor.

Guilherme Bolous garante que vai acabar com a "Bolsa banqueiro" se for eleito.

Alvaro Dias critica ditadura da Venezuela e governos brasileiros que a apoiaram.

23h - Rafael Colombo pergunta

Jornalista da Band perguntou sobre segurança pública. Alckmin auto-elogiou o seu governo. Bolsonaro replicou dizendo que a política de direitos humanos colabora para o crescimento da violência.

22h55 - Começa o segundo bloco do Debate na Band.

1º BLOCO

22h49 - Termina o primeiro bloco.

22h45 - Meirelles x Alvaro Dias

Meirelles questionou fracasso do governo anterior e Alvaro respondeu que ele deveria explicar já que estava lá.

22h40 - Marina Silva x Alckmin

Candidato da Rede ataca Alckmin e aliança com o centrão.

22h30 - Ciro Gomes x Geraldo Alckmin

Candidato do PDT questiona tucano sobre reforma trabalhista. Alckmin se diz favorável e diz que a medida foi um avanço.

22h22 - Candidatos pergutam entre si

Guilherme Boulos (PSOL) pergunta se Bolsonaro não tem vergonha de ter recebido auxílio moradia.

"Eu teria vergonha se tivesse invadindo casa dos outros. Imoral é você fazer o que você faz. Não vim aqui bater boca com candidato desqualificado", afirma Bolsonaro.

22h15 - Combate ao desemprego

Geraldo Alckmin (PSDB) quer reduzir o déficit primário.

Henrique Meirelles (MDB) quer investir em políticas econômicas corretas.

22h05 - Primeira pergunta

Álvaro Dias (Pode) e Cabo Daciolo (Patriota) respondem a pergunta: "Que medidas tomará para enfrentar o desemprego?"

22h02 - Começa agora o Debate na Band.

A Band exibe nesta quinta-feira (9), a partir das 22h, o primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República. O encontro será mediado pelo jornalista Ricardo Boechat.

Na segunda-feira (6), um sorteio determinou toda a dinâmica do debate televiso, incluindo a posição de cada um dos oito participantes nos estúdios.

Veja a ordem abaixo:

O debate será divido em cinco blocos. No primeiro e no terceiros blocos, os presidenciáveis fazem pergunta entre si. Logo no início, o debate será aberto com perguntas enviadas por leitores do jornal Metro [VIDEO].

No segundo e no quarto, eles vão responder perguntas feitas pelos jornalistas da Band. Nestes blocos, o jornalista vai perguntar para um dos candidatos e pedirá a outro que faça a réplica. O candidato que respondeu à pergunta terá direito à tréplica.

Os debates deste ano prometem bastante porque há muitos candidatos polêmicos na disputa. Jair Bolsonaro [VIDEO] lidera a corrida presidencial e deve ser alvo dos concorrentes, especialmente na área econômica.

Será uma ótima oportunidade para os eleitores conhecerem melhor os candidatos que vão disputar a presidência e quais são as propostas que vão apresentar para fazerem um Brasil melhor a partir do dia 1º de janeiro de 2019, quando o novo presidente assumirá.