Oficializado como candidato à Presidência do Brasil pelo Podemos, Álvaro Dias enalteceu a Operação Lava Jato e, em seu discurso na convenção do partido, ocorrido neste sábado (04), ele afirmou que irá convidar o juiz Sérgio Moro para comandar a pasta do Ministério da Justiça.

De acordo com o candidato, o magistrado responsável pela Lava Jato é o símbolo da esperança do povo para que as instituições funcionem no combate à corrupção.

Dias comentou que o juiz não recebeu ainda o convite. A assessoria de Moro afirmou que ele não iria comentar sobre o caso.

Corre nos bastidores que Álvaro Dias seria um dos candidatos preferidos da força-tarefa de Curitiba. Ele governou o estado do Paraná de 1987 a 1991 e realizou a sua convenção na capital paranaense.

O senador disse que o intuito é não apresentar nenhum nome por enquanto, mas ele reforçou que os trabalhos feitos pelo juiz Sérgio Moro são imprescindíveis no combate aos crimes de corrupção.

Para ele, o convite ao juiz seria uma mera homenagem por tudo o que ele tem feito pelo Brasil. Ele ressaltou que foi aqui, em Curitiba, que nasceu uma nova Justiça para o país.

Defesa da Lava Jato

Álvaro Dias tem como bandeira reforçar o combate à corrupção e dar apoio total à Lava Jato. Ele assumiu esse compromisso de continuar a "limpar' o país. Segundo ele, três juristas já foram chamados para derrotar a impunidade.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lava Jato Sergio Moro

Os nomes são: Miguel Reale Jr., Modesto Carvalhosa e René Dotti. Dias afirmou que seu governo não será um balcão de negócios e reforçou que todos os trabalhos serão qualificados tecnicamente.

Os partidos que estão apoiando Álvaro Dias são: PSC, PRP e PTC. Eles somam juntos 40 segundos de televisão e um fundo partidário de R$ 83 milhões. Para se ter uma ideia de comparação, o MDB possui um fundo partidário de R$ 234 milhões. Outros partidos ainda estão em conversa com o candidato e mais apoios podem surgir.

Fé em Deus

Dias afirmou que não se preocupa com o pouco dinheiro disponível para a sua campanha. Segundo ele, o importante na vida é ter fé em Deus. Ele afirmou que lutará para buscar um novo rumo ao país. Em seu discurso, ele citou uma frase de Martin Luther King: "Se não pode voar, corra. Se não pode correr, ande. Senão pode andar, rasteje".

O senador enalteceu a força das mulheres em seu governo, caso seja eleito.

Conforme seus dizeres, elas comandarão setores fundamentais e serão essenciais para a refundação da República.

Na convenção, ele passou dois vídeos buscando consolidar a sua imagem de Ficha Limpa e trabalhador.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo