O “Jornal Nacional”, da Rede Globo, anunciou na semana passada a cobertura diária dos candidatos à Presidência da República e, nesta segunda-feira (27), começa a entrevistar os quatro primeiros colocados na pesquisa de intenção de votos. O telejornal vai ao ar às 20h30 (horário de Brasília). Às quartas começa um pouco mais cedo, às 20h15.

A sabatina com os postulantes a comandante geral da nação começa com Ciro Gomes (PDT), nesta segunda-feira. Na terça, será a vez de Jair Bolsonaro (PSL) ser sabatinado por William Bonner e Renata Vasconcelos.

Geraldo Alckmin (PSDB) será entrevistado na quarta. Marina Silva (Rede) fecha a série na quinta.

A Globo já está vinculando o anúncio das entrevistas. Na divulgação, o jornalista William Bonner mostra a cadeira onde os entrevistados sentarão e diz que eles responderão às perguntas que interessam à população. O âncora diz também que voto bem pensado é a chave para construir o Brasil que você quer.

Ausência de Lula

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é o primeiro colocado nas pesquisas de intenção de votos.

O petista lidera, mas não deve concorrer. Isso porque está preso, na sede da Polícia Federal em Curitiba, depois de ter sido condenado a 12 anos e um mês de prisão.

O ex-presidente foi condenado no começo deste ano pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro nos casos do tríplex do Guarujá. Depois da condenação em primeira instância, a segunda instância ratificou a condenação e aumentou a pena.

Como Lula é o candidato oficial do PT, não será substituído pelo vice Fernando Haddad e o partido perderá a oportunidade para falar com a audiência do telejornal mais assistido da TV brasileira.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Televisão

Jair Bolsonaro é líder da pesquisa no cenário sem Lula. O candidato do PSL terá uma ótima oportunidade para falar com os brasileiros nessa entrevista ao “Jornal Nacional”.

Tempo na TV

A entrevista na Rede Globo é importante porque os candidatos conseguirão falar com um grande público. Jair Bolsonaro, Marina Silva e Ciro Gomes devem aproveitar bastante já que terão menos tempo do Gerado Alckmin na propaganda eleitoral gratuita, que começa no dia 31 de agosto e termina apenas no dia 5 de outubro.

Alckmin terá 5 minutos e 32 segundos em cada programa, exibido em dois horários, na TV e no rádio.

Lula terá 2 minutos e 23 segundos. Henrique Meirelles vai ter 1 minuto e 55 segundos para expor suas ideias. Os demais candidatos terão menos de um minuto.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo