Os adversários de Jair Bolsonaro cada vez mais têm tentado associar a imagem do candidato à Presidência da República pelo PSL ao machismo, vez e outra reproduzindo falas polêmicas ou vídeos em que ele aparece discutindo com mulheres. No entanto, isso não tem surtido efeito e as mais recentes pesquisas, tanto pelo Datafolha quanto pelo Ibope, revelam que o ex-capitão do Exército tem melhorando seu desempenho junto eleitorado do sexo feminino, situação inversa de Marina Silva, que perdeu mais da metade das intenções de votos que possuía.

De acordo com os dados mostrados pelo Datafolha, Bolsonaro subiu quatro pontos no eleitorado feminino desde o último dia 22 de agosto. Naquela ocasião, ele aparecia em segundo lugar com 14% das intenções de votos, contra 19% Marina Silva (Rede), e 9% de Ciro Gomes (PDT). Já na pesquisa de 10 de setembro, Bolsonaro já aparecia em primeiro lugar com 17%, contra 12% de Ciro e Marina Silva e 11% de Geraldo Alckmin (PSDB).

Por fim, na pesquisa divulgada pelo Datafolha na sexta-feira (14), Bolsonaro voltou a subir dentre os eleitores do sexo feminino, aparecendo agora com 18%, Ciro oscilou um ponto para cima, tendo agora 13%, mesmo percentual de Fernando Haddad (PT), enquanto que Alckmin caiu para 10%, e Marina agora tem 9%.

Os levantamentos também revelaram uma forte queda dentre os eleitores que disseram que iriam votar em branco ou nulo.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Eleições

Em 22 de agosto, o percentual era de 25%, índice que caiu para 18% no dia 10 e agora é de 16%. Já os eleitores que não souberam responder totalizam 8%.

Na pesquisa geral, Bolsonaro também segue em forte crescimento, tendo subido dois pontos percentuais em comparação à pesquisa anterior, tendo agora 26% as intenções de voto. Com metade desse percentual, aparecem empatados Ciro Gomes e Fernando Haddad. O tucano Geraldo Alckmin tem 9% contra 8% de Marina. Brancos e nulos totalizam 13% e 6% dos entrevistados não souberam responder.

Ibope

O Ibope também confirmou a tendência de subida de Bolsonaro entre o eleitorado feminino. Na última pesquisa, divulgada no dia 11 de setembro, o candidato do PSL apareceu com 18% de votos contra 16% que tinha no levantamento de 5 de setembro. Já Marina Silva, que antes tinha 14% no levantamento mais recente, aparece com 10%, o mesmo que Ciro Gomes, que antes aparecia com 12%. Quem também melhorou seu índice foi o tucano Geraldo Alckmin, que em passou de 9 para 11% e agora é o segundo colocado no eleitorado feminino.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo