O candidato à Presidência da República pelo partido PSL, Jair Bolsonaro, poderá receber alta médica do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, nesta sexta-feira (28), caso não haja nenhuma complicação de seu estado de saúde, segundo confirmou a equipe medica do hospital e seu filho Flávio, após uma visita ao pai.

Dezoito dias após ter levado uma facada no abdômen, com consequências graves para seu intestino, Jair Bolsonaro já recebe alimentos sólidos e tem seu quadro clinico estabilizado.

Flávio Bolsonaro, filho do candidato, comentou que seu pai possivelmente estará em casa na sexta e que sua residência será seu quartel-general de campanha.

Ao ser questionado sobre a possibilidade da alta hospitalar de seu pai ser dada antes de sexta, Flavio respondeu que, para amanhã (25), está marcada a remoção dos pontos restantes na barriga, e que seu quadro evolui bem, mas que a previsão continua sendo sexta.

A família do candidato mencionou ainda que, mesmo ele recebendo alta antes da votação do 1º turno, ele não fará campanha pelas ruas, devendo se manifestar sempre pela internet.

Ele pretende lançar um manifesto chamando por sua equipe de "Manifesto à Nação", que tem como objetivo reafirmar seu compromisso com a defesa da democracia brasileira. Ainda neste manifesto, ele tem a intenção de mostrar que as acusações de racismo que vem sofrendo não têm fundamento e mostrar para o mercado financeiro que se esforçara em prol do ajuste fiscal.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Eleições

Embora ainda não tenha data para ser lançado, e se vai ser em vídeo ou texto, a equipe de campanha pretende que tudo aconteça antes de ele receber alta e que seja lançado do quarto do hospital, para dar um ar mais emocional a ocasião.

Mesmo hospitalizado, Bolsonaro continua liderando as pesquisas

Mesmo não fazendo campanha nas ruas, devido ao atentado a faca que sofreu em Minas Gerais, Bolsonaro continua à frente das pesquisas eleitorais para Presidência da República.

A última pesquisa divulgada hoje (24,) pelo BTG/FSB, aponta que Bolsonaro tem 33% das intenções de voto, mantendo a mesma porcentagem da semana passada. Já o candidato Fernando Haddad (PT) ganhou a segunda posição, passando dos 16% para 23%.

O candidato Ciro Gomes (PDT) perdeu 4 pontos, passando de 14% para 10% e ficando assim com o terceiro lugar.

Os demais candidatos apareceram assim na pesquisa:

  • Geraldo Alckmin 8%.
  • Marina Silva 5%.
  • João Amoêdo 3%.
  • Alvaro Dias 2%.
  • Henrique Meirelles 3%.
  • Cabo Daciolo não pontuou.

Foram ouvidos oito mil eleitores a partir dos 16 anos, entre os dias 22 e 23 de setembro por telefone.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo