Nesta terça-feira (18), o Ibope divulgou mais uma pesquisa de intenção de voto. Essa é a mais recente até o momento. 2.506 eleitores foram ouvidos entre domingo (16) e terça-feira. Tirando a margem de erro de dois pontos, a pesquisa Ibope é 95% confiável. Os resultados apontaram Jair Bolsonaro (PSL) disparado na frente, com 28% das intenções de voto. Fernando Haddad, que foi colocado para representar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, tem 19% e representa o Partido dos Trabalhadores. Ciro Gomes, do PDT, aparece com seus 11% das intenções de voto.

Geraldo Alckmin mantém seus 7% das intenções e Marina Silva vem logo atrás com 6%.

Os demais candidatos aparecem lá embaixo, todos abaixo dos 2%. Álvaro Dias e João Amoêdo, por exemplo, aparecem com 2%. Henrique Meirelles também empata com 2%. Com 1% aparece Cabo Daciolo. Com 0% aparece Guilherme Boulos, Vera Lúcia (PSTU), João Goulart e Eymael. No entanto, o número de brancos e nulos surpreende: 14%. E, para finalizar, 7% dos que responderam sinalizaram que não sabem ou não quiseram falar em qual candidato votar.

Comparação com outros levantamentos

Na comparação com o último levantamento feito, a oscilação nas intenções de votos foi grande. Após o episódio em que Lula nomeia Fernando Haddad para disputar a presidência da República, os votos que antes iam para Lula (que era líder nas pesquisas), acabam indo para Fernando Haddad.

O candidato Jair Bolsonaro subiu dois pontos. Ele estava com 26% das intenções de voto e agora tem 28%.

Fernando Haddad teve um salto, saindo de 8% e indo para 19%. Ciro se manteve nos seus 11%. Alckmin caiu 2 pontos percentuais e Marina perdeu 3 pontos, caindo para 6%. Já o número dos indecisos caiu: De 19% foi para 14%.

No entanto, uma outra pesquisa também foi divulgada. Ela apresenta os índices de rejeição. Na pesquisa, foi perguntado "em qual candidato o senhor (a) não votaria de jeito nenhum".

A pesquisa também poderia escolher mais de um candidato. Os resultados chegam a ultrapassar os 100%.

Bolsonaro lidera com 42% das intenções de não ser votado. Haddad aparece com 29% e Marina Silva é a terceira, com 26%. Depois aparece Alckmin com 20%. Ciro tem 19% e Henrique Meirelles, 12%. Eymael possui 11% e Cado Daciolo também. Guilherme Boulos aparece com 10% das intenções de rejeição. Álvaro Dias tem 10%, Vera mantém 9%, Amoêdo 9% e João Goulart Filho com 8%. Os que responderam que poderiam votar em todos soma 2%. Os que não souberam, 9%.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!