Sarah Sanders, secretária de imprensa da Casa Branca, comentou, nesta segunda-feira (10), que membros do governo Donald Trump teriam entrado em contato com a família do candidato à Presidência do Brasil, Jair Bolsonaro, após o ataque de faca sofrido por ele na cidade de Juiz de Fora, sul de Minas Gerais.

A informação foi passada sem muitos detalhes. Sanders teria sido questionada no briefing diário da Casa Branca se o republicano havia passado alguma mensagem ou tentado algum contato com o candidato do PSL ao Planalto.

Publicidade
Publicidade

Ela afirmou que ainda verificará mais detalhes sobre isso, entretanto acredita que já foi feito um contato de integrantes do governo Trump com o deputado brasileiro. Ela não soube informar se o próprio presidente dos Estados Unidos teria conversado diretamente com Bolsonaro ou com alguns dos familiares.

O atentado sofrido pelo candidato Bolsonaro aconteceu na quinta-feira (06), quando ele estava em plena campanha eleitoral. Ele foi levado às pressas ao hospital da cidade e depois encaminhado para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Publicidade

No último boletim médico divulgado, Bolsonaro estava com o quadro estável, mas fará uma cirurgia de grande porte para o funcionamento perfeito do seu intestino.

Bolsonaro sempre demonstrou apreço por Donald Trump. Geralmente, os governos estrangeiros evitam se manifestar diante das Eleições em outro país.

Polícia Federal

Nesta segunda-feira (10), os filhos de Bolsonaro, Eduardo e Flávio, se reuniram com o diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, para discutir quais medidas serão tomadas para evitar novos ataques nas eleições.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Curiosidades

Um homem já está preso, que afirmou ter feito o ataque, entretanto, desconfia-se que mais pessoas estejam envolvidas nisso. A PF continua firme nas investigações. Segundo um dos filhos do candidato, a PF faz um excelente trabalho e eles aguardam que se chegue o mais rápido possível ao desfecho desse caso.

Segurança

Os filhos de Bolsonaro também pretendem aumentar a segurança de toda a família e um novo pedido será feito à PF. O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, já havia solicitado essa segurança, mas teve seu pedido negado já que os agentes federais são incumbidos de fazer a proteção apenas dos candidatos à Presidência e não de seus familiares.

Flávio Bolsonaro afirmou que acredita que a PF vai analisar esse pedido, pois essa extensão da segurança seria importante para garantir mais liberdade para a família.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo