4

Nova pesquisa da FSB/BTG Pactual mostra o presidenciável Jair Bolsonaro [VIDEO] do PSL (Partido Social Liberal) liderando de maneira folgada no pleito eleitoral à presidência da República. O candidato disparou na liderança com 3% a mais do que nas últimas pesquisas, totalizando 33% nas intenções de votos. Haddad, por sua vez, ultrapassou Ciro Gomes do PDT, subindo oito pontos, indo de 8% a 16%. Já o tucano Geraldo Alckmin do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) caiu dois pontos, indo de 8% a 6%. Marina Silva do REDE despencou três pontos: de 8% foi a 5%. Em possível segundo turno, Jair Bolsonaro vence todos, mas empata com Ciro.

Registrado no TSE sob o alfanumérico BR-06478/2018, o levantamento da nova pesquisa realizada pelo FSB e encomendada pelo banco de investimentos BTG Pactual, entrevistou 2.000 pessoas em 27 unidades da Federação - o nível de confiança é de 95%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, tanto para mais quanto para menos.

Cabe lembrar que as entrevistas da FSB/BTG Pactual foram realizadas no sábado (15) e no domingo (16).

Jair Bolsonaro tem acréscimo e Haddad cresce, mas empata com Ciro em nova pesquisa da FSB/BTG Pactual

Se considerarmos a margem de erro da pesquisa, o petista Fernando Haddad acaba empatando tecnicamente com Ciro Gomes do PDT (Partido Democrático Trabalhista) no segundo lugar da corrida presidencial. Ainda assim, o militar Jair Bolsonaro aparece em primeiro na nova pesquisa com um leve acréscimo.

Os candidatos Geraldo Alckmin e Marina Silva apresentaram uma queda sucessiva: o tucano acabou perdendo dois pontos; enquanto que a presidente do REDE, três; o que aponta um empate técnico de ambos com João Amoêdo, que contabilizou 4% das intenções de voto, segundo o levantamento da FSB/BTG Pactual.

Mesmo em um possível segundo turno, tanto Geraldo Alckmin, Marina Silva e João Amoêdo ficam longe na disputa do primeiro lugar nas eleições de 2018 à presidência da República do Brasil [VIDEO].

Bolsonaro folga na liderança, Geraldo e Marina perdem força

Em resumo, Jair Bolsonaro [VIDEO] do PSL (Partido Social Liberal) lidera com 33%, seguido ao longe por Fernando Haddad do PT (Partido dos Trabalhadores), que despontou com 16%. Logo atrás do petista e tecnicamente ultrapassado vem Ciro com 14% das intenções de voto. Na lanterna vem o tucano Geraldo Alckmin do PSDB com 6% do eleitorado, seguido por Marina Silva com 5% e atrás vem Amoêdo com 4%.

Em levantamento do FSB/BTG Pactual, Álvaro Dias do Podemos acaba empatando com Meirelles em 2%, Cabo Daciolo do PATRI e outros somaram 1%. Brancos e nulos somaram 11%, não souberam ou não responderam, 5%.

Em um possível segundo turno, Jair Bolsonaro aparece vencendo, mas Ciro ameaça

Em possível segundo turno, Jair Bolsonaro, contrariando até mesmo suas expectativas, aparece em primeiro lugar nas simulações, com ameaça apenas de Ciro Gomes.

Em cenário com Ciro, haveria empate, se considerarmos a margem de erro: 42% para Bolsonaro e 42 para Ciro; nenhum ou votos brancos somariam 13%, não sabem 3%.

Na disputa com Haddad do PT, Bolsonaro ficaria com 46%, já o petista ficaria com 38%. Nesse cenário, nenhum ou brancos ficaram em 13%, 3% não saberiam responder.

Bolsonaro também aparece vencendo o tucano Alckmin: 43% para Bolsonaro e 36% para Geraldo, nenhum ou brancos somaram 17%, não sabem 4%.

Com Marina Silva no pleito em cenário de segundo turno, Bolsonaro repete vitória, contando com 48% das intenções de voto do eleitorado e Marina ficaria com 33%. Nesse cenário, nenhum ou brancos somaram 17%, não souberam responder totalizaram 3%.