Nesta terça-feira (25), o jornal Folha de S.Paulo publicou uma notícia onde mostrava um telegrama do Itamaraty que revelava que a ex-esposa do candidato à presidência Jair Bolsonaro teria sido ameaçada de morte pelo candidato.

Porém, logo após a reportagem, a ex-mulher do presidenciável publicou um vídeo nas redes sociais afirmando nunca ter sofrido ameaça de morte vinda do político, criticando a Folha de S.Paulo e elogiando Jair Bolsonaro.

Ameaça de morte

A ameaça de morte que o jornal Folha de S.Paulo alegou que pode ter acontecido com Ana Cristina, ex-mulher do candidato à presidência Jair Messias Bolsonaro, teria acontecido em 2009 e seria o motivo pelo qual ela decidiu deixar o Brasil. O telegrama do Itamaraty, datado de julho de 2011, traria informações de que Ana Cristina havia afirmado que o ex-marido a havia ameaçado de morte no ano de 2009.

Ex-mulher de Bolsonaro negou que o presidenciável a ameaçou de morte

Após essa publicação da Folha, através de um vídeo publicado nas redes sociais, a ex-esposa do candidato Jair Bolsonaro negou que o presidenciável a ameaçou de morte.

No vídeo, Ana Cristina Valle afirmou que estava indignada e que estava ali para desmentir a Folha de S.Paulo. No vídeo, ela chamou a Folha de "suja" por ter publicado tal notícia.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Jair Bolsonaro

Ana Cristina afirmou que a ameaça de morte nunca aconteceu e disse ainda que o candidato é uma pessoa querida por ela e por todos, que ele não tem índole para fazer esse tipo de coisa [no caso, a ameaça], e que, além de bom pai, bom ex-marido, foi também um bom marido.

Ela disse ainda que espera que as pessoas acreditem que a mídia só quer denegrir a imagem de Bolsonaro, para prejudicar sua campanha à Presidência do Brasil, já que o candidato tem ocupado o primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto.

Ela diz também que acredita que Bolsonaro vai ser eleito no primeiro turno e que nada que a mídia fizer será suficiente para prejudicar a eleição do candidato à presidência. Ela acredita que, mesmo depois de tudo que aconteceu, Jair Bolsonaro continuará em pé e, se depender dela, chegará à Presidência do Brasil.

O que aconteceu na época

Ana Cristina e Bolsonaro disputavam na justiça a guarda do filho Jair Renan, no Rio de Janeiro.

Na época, Jair Renan tinha apenas 12 anos de idade e quando Ana Cristina viajou para a Noruega com o filho, Jair Messias Bolsonaro, na condição de deputado federal, teria mobilizado o Itamaraty, em 2011, para que intercedesse em seu favor.

Candidata

Ana Cristina é ex-servidora da Câmara Municipal de Resende, no Estado do Rio de Janeiro.

Hoje em dia, Ana Cristina Valle usa o sobrenome Bolsonaro e é candidata a deputada federal pelo partido Podemos.

Líder nas pesquisas

Bolsonaro está internado no Hospital Israelita Albert Einstein desde o dia 7 de setembro, devido ao ataque que sofreu em Minas Gerais. Até o momento está impossibilitado de realizar atos de campanha percorrendo o Brasil, mas continua sendo líder nas pesquisas de intenções de voto, com 28%, de acordo com a pesquisa Ibope que foi divulgada na segunda-feira (24). Em segundo lugar, está Fernando Haddad (PT), com 22%.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo