O que parecia ser uma bomba na campanha de Jair Bolsonaro (PSL) foi rapidamente amenizado na noite desta terça-feira (25). O candidato que lidera as pesquisas de intenção de votos para a Presidência da República foi acusado de ter ameaçado de morte a ex-esposa, Ana Cristina Valle.

O jornal Folha de S.Paulo publicou reportagem informando que em julho de 2011 um telegrama do Itamaraty registrou que Ana Cristina havia sido ameaçada de morte por Jair Bolsonaro dois anos antes.

Publicidade
Publicidade

Rapidamente, Ana Cristina gravou um Vídeo sobre o ex-marido, desmentiu a reportagem publicada pela Folha e ainda chamou o jornal, que é um dos principais do país, de “sujo”.

No vídeo, Ana diz que está muito indignada e garante que nunca foi ameaçada de morte. Ela afirma também que Bolsonaro é muito querido e que não tem índole para ameaçar alguém.

Ana Cristina explicou também que Bolsonaro é um bom pai, bom ex-marido e que foi um marido também.

Publicidade

A Mulher, que é candidata a deputado federal usando o sobrenome de Jair no Rio de Janeiro, pelo Podemos, diz acreditar que ele vencerá as eleições presidenciais no primeiro turno.

Um pouco mais para a frente do vídeo de pouco mais de um minuto, ela repete duas vezes a frase “mídia suja” e afirma que nada vai impedir que Bolsonaro caia e que ele continuará de pé se depender dela.

Com Ana Cristina, Bolsonaro teve um filho, batizado Jair Renan Bolsonaro.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Curiosidades

O rapaz tem 20 anos, cursa direito na Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, e tem se apegado à política.

Os outros três irmãos, Eduardo, Flavio e Carlos, já estão na política. Os dois primeiros são candidatos a deputado federal, em São Paulo, e a senador, no Rio de Janeiro, respectivamente. Carlos é vereador no Rio de Janeiro.

Bolsonaro não falou ainda sobre o caso

Jair Bolsonaro segue internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 7 de setembro.

No dia 6 ele foi esfaqueado na cidade mineira de Juiz de Fora, em Minas Gerais, e recebeu atendimento na Santa Casa local.

Bolsonaro ainda não se pronunciou sobre a suposta ameaça à ex-esposa e também nem se manifeste depois que ela mesma garantiu que não houve ameaça nenhuma.

O candidato do PSL lidera a corrida presidencial, com variação de pontuação de acordo com os institutos de pesquisas. No Paraná Pesquisas, por exemplo, o conservador aparece com 31,2% dos votos.

Publicidade

Fernando Haddad (PT) é o segundo colocado, com 20,2%. Ciro Gomes (PDT) é o terceiro, com 10,1%. As eleições estão marcadas para o próximo dia 7 de outubro.

Assista ao vídeo

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo