As polêmicas parecem realmente perseguir o cotidiano do volante do Palmeiras Felipe Melo, que mais uma vez se tornou o centro das atenções nesta segunda-feira (17). O nome de Felipe Melo está entre os termos mais pesquisados na internet nesta segunda, já que no último domingo, na entrevista ao canal Premiere, logo após o término da partida contra o Bahia (finalizada em 1 a 1) pelo Campeonato Brasileiro, o jogador fez uma dedicação especial em sua entrevista, dedicou o seu gol a Deus, à família e ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL).

Publicidade
Publicidade

"Quero agradecer a Deus pelo gol e à minha família. Esse gol vai para o nosso futuro presidente Bolsonaro", afirmou o volante palmeirense.

A declaração de Felipe Melo ressoou como uma bomba nas redes sociais, postagens de apoio e de repúdio foram compartilhadas, o que causou uma grande polêmica que resultou num pronunciamento oficial da diretoria do Palmeiras sobre o tema. O clube fez questão de afirmar que a opinião do jogador é uma questão particular e não representa a instituição Palmeiras.

Na nota à imprensa, o Palmeiras disse que respeita qualquer posição política de seus atletas, empregadores e colaboradores e ratifica que é neutro nessas questões relacionadas a questões políticas, partidárias, de crenças, religiões e quaisquer outras formas de manifestações pessoais.

Felipe Melo sempre se mostrou um entusiasta de Jair Bolsonaro

Logo após receber a notícia do esfaqueamento de Jair Bolsonaro em Juiz de Fora, o volante palmeirense fez uma postagem em sua conta no Twitter desejando melhoras ao candidato e afirmando que estava em oração para o pronto restabelecimento do candidato à presidência. Nesta publicação, ele também compartilhou uma postagem do filho de Bolsonaro, Eduardo informando o estado de saúde do pai.

Publicidade

Jair Bolsonaro torce para o Palmeiras

Declaradamente torcedor da Sociedade Esportiva Palmeiras, Bolsonaro é um simpatizante do clube paulista. Além do Palmeiras, o político também torce para o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro.

Na última segunda-feira, outro jogador de futebol declarou publicamente apoio a Bolsonaro e recebeu muitas críticas por isso, o meio-campista do Tottenham, da Inglaterra, Lucas Moura, curtiu em seu perfil no Twitter várias publicações feitas pelo candidato do PSL, o que gerou uma revolta entre os seguidores do atleta, que mais uma vez debateu com os seus seguidores afirmando que é uma pessoa como as outras e que tem o direito de se posicionar e de ter sua opinião sobre o seu país.

A declaração de Lucas Moura, também foi comentada por Felipe Melo que parabenizou o jogador pela atitude.

Leia tudo