Nesta segunda-feira (17), o candidato à Presidência da República Geraldo Alckmin (PSDB) se envolveu em uma situação um tanto quanto constrangedora durante sua visita à creche Alecrim, em Brasília. O tucano acabou se desequilibrando e caindo com uma criança no colo.

O tombo de Alckmin ocorreu enquanto ele visitava a brinquedoteca da creche. Ao se desequilibrar e cair, ele enroscou as pernas em outras crianças que estavam ao arredor acompanhando a visita do presidenciável.

Publicidade
Publicidade

Apesar do susto e do constrangimento, ninguém saiu machucado do incidente, mas o fato foi registrado por diversos fotógrafos que acompanham o ex-governador do Estado de São Paulo.

Durante a visita à creche, Alckmin afirmou que quer ser o presidente da “primeira infância” e tentou se mostrar tranquilo com as últimas pesquisas de intenção de voto. Na ótica do presidenciável, pesquisas de intenções de voto são como ondas, e que as grandes ondas somente serão válidas quando ocorrerem próximas ao dia 7 de outubro, data das Eleições brasileiras.

Publicidade

Alckmin enfrenta crise com partidos aliados do Centrão

Geraldo Alckmin passa por um momento delicado em sua campanha para presidente. Nesta terça-feira (18), dirigentes aliados do bloco denominado “Centrão”, DEM, PP, PR, PRB e Solidariedade, irão se encontrar para discutir mudanças na propaganda eleitoral, já que nas pesquisas eleitorais o candidato tucano permanecer estático, enquanto candidatos como Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) avançam nas intenções de voto.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Eleições

Preocupado com as pesquisas, Alckmin fez questão de ressaltar em entrevista nesta segunda o “risco para o Brasil” de um eventual segundo turno entre Bolsonaro e Haddad. Na opinião do candidato tucano, o Brasil precisa de pessoas empenhadas em tirar o país da crise. Ele ainda afirmou que o momento é de racionalidade e que o voto em Bolsonaro é um passaporte para o retorno do PT ao comando do país.

Pesquisa encomendada pela CNT foi divulgada hoje

Encomendada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), a mais recente pesquisa de intenções de voto dos eleitores brasileiros apontou que Jair Bolsonaro está com 28,2% das intenções, enquanto que o candidato petista, Fernando Haddad, está na segunda colocação, com 17,6%. Na terceira colocação, o pedetista Ciro Gomes aparece com 10,8%, seguido de Geraldo Alckmin, com 6,1%, e Marina Silva, da Rede, que aparece com 4,1%.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo