Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança da corrida presidencial, com 28% das intenções dos votos, segundo pesquisa do Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística). Fernando Haddad, do PT, alcançou 22% das intenções de votos, após receber apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que permanece preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, no Paraná. Ciro Gomes, do PDT, manteve-se oscilando entre 10% e 11% das intenções de votos, mantendo-se na terceira colocação da corrida eleitoral.

A margem de erro confere dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Na pesquisa encomendada pelo Ibope do dia 18 de setembro, Jair Bolsonaro se mantinha na liderança, com 28%, enquanto Haddad era o quarto colocado, com 8% das intenções de voto, empatado tecnicamente com Geraldo Alckmin, do PSDB. O petista teve crescimento vertiginoso após oficialização da candidatura e consequente apoio de Lula para o congresso.

Jair Bolsonaro estagna, Haddad cresce e Ciro permanece em terceiro

Enquanto Jair Bolsonaro e Fernando Haddad disputam as cabeças da corrida eleitoral, Ciro Gomes segue logo atrás, com 11% (1% a mais do que a última pesquisa Ibope). Geraldo Alckmin, que antes contava com 7%, agora aparece com 8%. Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, soma 5%, menos do que os 6% apresentados na última pesquisa. Pela margem de erro apresentada pelo Ibope, Marina, Ciro e Alckmin alternam a terceira colocação, com sutil vantagem do pedetista.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Eleições

Brancos e nulos somaram 14%, enquanto os que não souberam ou não quiseram responder somaram 6%, menos do que os 7% da última pesquisa.

A pesquisa aconteceu entre os últimos dia 22 e 23 de setembro, contabilizando 178 municípios. Ao todo, 2506 pessoas foram entrevistas. A pesquisa foi encomendada pela Rede Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo, sob registro no TSE sob o número BR-06630/2018. O nível de confiança da pesquisa alcança os 95%, segundo o Ibope.

Segundo turno e as taxas de rejeição

O Ibope também elaborou pesquisa sobre um provável segundo turno, com Jair Bolsonaro, líder em todas as pesquisas, como o adversário em todos os cenários apresentados. Contra Haddad, o cenário seria desfavorável para Bolsonaro, que perderia por 43% a 37%. Contra Ciro Gomes, o cenário seria ainda mais desastroso para o ex-militar, com Ciro abrindo vantagem de 46% a 35%.

Até mesmo contra Geraldo Alckmin, Jair Bolsonaro não conseguiria alcançar a vitória, perdendo por 41% a 36% das intenções de voto. Apenas contra Marina Silva, um empate técnico seria registrado, com 39% para cada um candidato.

Jair Bolsonaro é o candidato com a maior taxa de rejeição, apontando 46%. Fernando Haddad, do PT, vem logo em seguida, com 30%.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo