Na tarde desta quinta-feira (20), o filósofo e também linguista norte-americano Noam Chomsky visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na carceragem da Polícia Federal em Curitiba. Lula está na prisão desde abril, quando foi preso por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Além de filósofo, Chomsky é ativista, professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês) e crítico social e político dos Estados Unidos, seu país de origem.

Relação com Lula

Chomsky afirma conhecer o político petista há vinte anos e ainda salienta que se sente impressionado com Lula. Continua Chomsky, que, há 100 anos, o Brasil foi considerado o colosso da América do Sul, que na visão do filósofo, esteve próximo a acontecer. Segundo Chomsky, o Brasil tomou a posição de respeito no mundo quando Lula foi presidente.

Essas afirmações de Chomsky foram feitas na semana passada e repassadas pela Assessoria de Imprensa do Partido dos Trabalhadores (PT) durante a visita do filósofo ao Brasil.

O filósofo faz críticas ao PT

Em entrevista ao site da BBC News Brasil, o filósofo Chomsky disse que o partido deveria fazer uma espécie de comissão da verdade para analisar seus próprios erros. Segundo o filósofo, os membros do PT tiveram muitas oportunidades, e em alguma dessas, foram usadas beneficiando a população, enquanto foram perdidas por eles. Continuando, Chomsky disse que os petistas deveriam perguntar o motivo desse colapso político ter ocorrido, e salientou que isso deveria ser feito publicamente.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula WhatsApp

O filósofo defende uma reforma interna do partido que possa impedir que isso aconteça outra vez. Chomsky defende ainda, ao ser perguntado sobre as eleições e o candidato à presidência do partido, Fernando Haddad (PT), se o Partido dos Trabalhadores é capaz de reconquistar seu poderio político. "Uma tarefa muito grande deve ser feita", resumiu Chomsky. Instaurar uma comissão que vá avaliar com um olhar de honestidade tudo o que ocorreu.

Olhar com franqueza para as oportunidades que perderam, pois, isso seria de um significado bastante imenso para o povo e para o partido.

Chomsky ainda comenta que isso deveria ser feito independente se eles chegarem ou não ao poder. Mas, isso deveria ser seguido por todos os partidos, porque ninguém está livre a essas ocorrências, pontuou o filósofo. Ao ser questionado, que mesmo considerando a diminuição da pobreza no governo Lula, Chomsky admite que houveram políticas de troca de favores que o fez desiludir com o PT.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo