Condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá, em São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem admitindo, segundo sua defesa, a retirada da candidatura à Presidência da República no pleito eleitoral terça-feira (11), último dia do prazo estipulado pelo TSE. Impugnado por 6 votos a 1 no Tribunal Superior Eleitoral pela Lei Ficha Limpa no âmbito da Operação Lava Jato, a decisão a contragosto de Lula é necessária caso o PT (Partido dos Trabalhadores) ainda queira se manter ativo na corrida presidencial.

Publicidade
Publicidade

A defesa do petista ainda tenta uma ação liminar no Supremo na tentativa de manter sua candidatura, mesmo tendo este sido barrado por unanimidade pela Justiça Eleitoral.

Luiz Fernando Casagrande Pereira, advogado de Lula, se mostrou preocupado com a situação dado o risco da perda tanto da candidatura à Presidência quanto à vice-Presidência, neste caso, Haddad, já que o partido se encontra encurralado por praticamente todos os lados.

O advogado de Luiz Inácio Lula da Silva reiterou o dito 'risco' das candidaturas em uma reunião do conselho de campanha nesta terça-feira à noite (3), vale lembrar que mesmo que a liminar seja aceita pelo STF (Supremo Tribunal Federal) o plenário poderá rejeitar o recurso depois do dia 17 de setembro.

Publicidade

Integrantes de campanha do PT e vice do PC do B se preocupam

Segundo informações da Folha, Casagrande Pereira avisou os integrantes da campanha por meio de teleconferência sobre a anulação do registro da chapa, isso se o nome de Fernando Haddad, não for oficializado até lá, isto é, até o dia 17 deste mês de setembro, data para a troca de candidatos.

Walter Sorrentino vice-presidente do PC do B (Partido Comunista do Brasil) também demonstrou preocupação com os prazos estabelecidos, não só prazos como também a ameaça de uma possível dispersão do eleitorado de Lula antes que seu então vice, Fernando Haddad venha ser apresentado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Lula Eleições

A procuração ao advogado da defesa petista

Procurado, o advogado do presidiário Luis Inácio Lula da Silva, Luiz Fernando Casagrande Pereira afirmou ter uma procuração do petista. Em sua fala, Pereira aponta que na tal procuração o ex-presidente Lula o manda recorrer até onde for possível.

Lula teve sua candidatura à Presidência da República barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na sessão extraordinária que durou mais de 11 horas, indo de sexta-feira (31) à madrugada de sábado (1), por unanimidade o órgão decidiu pela impugnação do ex-presidente.

O TSE também impôs multa liminar ao PT de R$ 500 mil por propaganda em que Lula aparece como candidato no rádio, além de suspensão na TV.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo