Nesta última terça-feira, 25 de setembro, a ministra da Advogacia-Geral da União (AGU), Grace Mendonça, reforçou sobre o posicionamento do órgão a respeito do registro da Biometria, que passa a ser utilizada nas Eleições deste ano. A repercussão do caso se deu por conta de um pedido feito pelo PT e PCdoB.

Dessa forma, o Supremo Tribunal Federal (STF) irá julgar nesta próxima quarta-feira (26) a contestação dos partidos a respeito do cancelamento de títulos eleitorais de cidadãos que não fizeram o cadastramento biométrico.

Publicidade
Publicidade

O cadastramento se tornou obrigatório pela Justiça Eleitoral.

No entanto, a ministra Graça Mendonça afirmou que a AGU mantém o posicionamento de que não há o que mudar na Justiça. Mendonça afirmou que qualquer tipo de mudança poderá impactar o resultado das eleições e causar tumultos. Com isso, mantém a posição de que não se deve contestar o fato.

Segundo informações do portal O Antagonista, o pedido do PT e PCdoB vem do fato de que os eleitores excluídos no processo de biometria (aqueles que não conseguiram realizar o cadastro) são, na maioria, da região Norte e Nordeste.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Eleições PT

Consequentemente, o lugar onde os partidos de esquerda mais obtêm votos.

O site Jota informou que há 3,3 milhões de eleitores com os títulos cancelados entre os anos de 2016 e 2018. No entanto, 53% dessas pessoas são da região Norte e Nordeste.

Grace Mendonça disse que o Brasil está pronto para a votação eleitoral e com isso é necessário segurança jurídica. Concluindo, a ministra disse que "a Lei está valendo" e que o compromisso do órgão é torna-la vigente no momento.

Publicidade

Eleições 2018

No próximo dia 7 de outubro, milhões de brasileiros irão as ruas para escolher o novo presidente do Brasil. Na disputa, estão Jair Bolsonaro, Fernando Haddad, Ciro Gomes, Marina Silva, Geraldo Alckmin, Álvaro Dias, Guilherme Boulos, Cabo Daciolo, Henrique Meireles e João Amoedo.

Bolsonaro está liderando a disputa com 28% das intenções de votos, segundo pesquisa Ibope. Em seguida, aparece o petista Fernando Haddad e Ciro Gomes. No resultado divulgado, Bolsonaro se mantém e Haddad ganhou alguns pontos percentuais.

Atentado contra Jair Bolsonaro

O candidato do PSL sofreu um grave atentado de Adelio Bispo de Souza. Bolsonaro segue internado e recentemente mostrou resultados positivos em sua recuperação. O político passou por cirurgias e deverá permanecer em repouso. A campanha eleitoral de rua foi cancelada.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo