De acordo com informações do site InfoMoney, nesta quarta-feira (26) saiu um novo levantamento eleitoral realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, que foi encomendado pela revista Crusoé (publicação mantida pelos mesmos fundadores do site O Antagonista) e pela empresa paulista de consultoria financeira Empiricus Research. Os resultados obtidos divergem de uma sondagem feita pelo Ibope também divulgada nesta quarta– especialmente em relação ao desempenho de Jair Bolsonaro (PSL), que continua consolidado como o líder na preferência dos eleitores –, e as diferenças aparecem tanto em simulações de primeiro quanto de segundo turno.

Publicidade
Publicidade

A pesquisa estimulada (ou seja, aquela onde os nomes dos candidatos são enunciados pelo entrevistador em forma de alternativas a serem escolhidas, ao contrário da pesquisa espontânea, onde apenas se pergunta diretamente, sem dar opções, em quem o[a] entrevistado[a] irá votar) do instituto Paraná abrangeu todos os 26 Estados brasileiros e o Distrito Federal, sendo que foram ouvidas 2.020 pessoas entre os dias 23 e 25 de setembro.

Paraná Pesquisas versus Ibope

Segundo o Paraná Pesquisas, Bolsonaro aparece com 31,2% das intenções de voto, seguido por Fernando Haddad (PT) com 20,2%, Ciro Gomes (PDT) com 10,1%, Geraldo Alckmin (PSDB) com 7,6%, Marina Silva (REDE) com 4,3% e João Amoêdo (NOVO) com 3,8%.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Jair Bolsonaro Eleições

Os outros candidatos ficaram abaixo de 2% e o nível de confiança do levantamento é de 95%, com margem de erro de dois pontos percentuais.

A performance do presidenciável do PSL descrita neste cenário se mostra diferente daquela obtida pelo Ibope em uma pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Divulgada pelo site G1, a simulação confere a Jair Bolsonaro 27% dos votos, seguido por Haddad com 21%. Também neste caso, a sondagem possui 95% de confiança e margem de erro de dois pontos.

Publicidade

Resultados opostos em simulações de segundo turno

Em simulações de um eventual segundo turno envolvendo Jair Bolsonaro e Fernando Haddad –os dois candidatos que aparecem cada vez mais isolados na liderança das sondagens em relação aos seus concorrentes–, o Paraná Pesquisas e o Ibope também divergiram.

O primeiro instituto citado acima mostrou em seu levantamento que Bolsonaro aparecia com 44,3% das intenções de voto e seria o vencedor do pleito, ao passo que o petista seria escolhido por 39,4% dos eleitores, com votos brancos e nulos somando 16,4%.

Já na pesquisa do Ibope –instituto que, em 2014, errou mais de 66% das suas previsões no primeiro turno– o cenário do vencedor se inverte: o ex-prefeito de São Paulo obteria 42% do eleitorado, e Bolsonaro ficaria com 38%. Neste cenário, o somatório de votos nulos, brancos e indecisos chegaria a 20%.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo