A PF (Polícia Federal) deflagrou com mandados de busca e apreensão nesta quarta-feira (12), a Operação Vostok em cima do então governador de MS (Mato Grosso do Sul) Reinaldo Azambuja do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) e cúpula, Segundo informações do G1, a instituição policial da PF saiu do apartamento de Azambuja carregando malotes, a cúpula do Governo é alvo da Polícia Federal. Rodrigo Silva, filho do então governador de MS foi preso.

Publicidade
Publicidade

Zé Teixeira do DEM (Democratas) e Márcio Monteiro do Tribunal de Contas do estado também estão na mira da PF, na Operação denominada 'Vostok'. A Assembleia Legislativa e o tribunal devem se pronunciar após tomarem nota da ação. Teixeira é candidato à reeleição.

Conforme investigações resultantes da Operação Vostok, suspeita-se que tenha havido pagamento de propina aos representantes da cúpula do governo do estado de Mato Grosso do Sul: Um toma lá dá cá de propina e créditos tributários a empresas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Polícia Governo

A Operação da PF só foi possível devido a uma liberação da mesma no STJ (Supremo Tribunal de Justiça) realizada por meio do magistrado e jurista Felix Fischer.

Alvo da PF na Operação Vostok, PSDbista Reinaldo Azambuja é candidato à reeleição

O PSDbista Reinaldo Azambuja então governador de MS, é candidato à reeleição pelo seu estado Mato Grosso do Sul. Segundo informações dispostas na pesquisa Ibope no dia 24 do mês de agosto o mesmo aparecia com cerca de 39% das intenções de voto.

Publicidade

Ano passado no mês de maio, Wesley Batista (um dos donos da JBS Friboi) disse por meio de delação que seu grupo pagou propina a dois ex-governadores de Mato Grosso do Sul, sendo eles, Zeca do PT (Partido dos Trabalhadores) o MDBista André Puccinelli assim como Reinaldo Azambuja; a ideia era conseguir incentivos fiscais para que se pagasse menos impostos.

A PF informou que 220 policiais participaram do cumprimento de 41 mandados de sendo destes, 14 foram de prisão temporária, ambos os mandados foram cumpridos tanto na capital quanto nos cidades de: Maracaju, Aquidauana, Guia Lopes de Laguna e Dourados com exceção de mandado na cidade de Trairão que fica no estado do Pará. A Operação Vostok da Polícia Federal também mira pecuaristas.

Os benefícios fiscais por meio de sonegação, e as notas frias

Investigações apontam que no primeiro e segundo ano do governo atual no estado de MS, uma empresa frigorifica sonegou aos cofres públicos mais de R$ 200 milhões por conta dos tais acordos, chamados de benefícios fiscais. As investigações começadas este ano foram fruto de depoimentos de delação premiada que contou com executivos de um frigorifico. Além disso, notas frias também foram denotadas, sendo estas, cópias de notas ficais falsas para dissimular pagamentos além de comprovante de transferências bancárias.

Publicidade

Vostok alude à uma estação russa de pesquisa que fica na Antártica. Curiosamente se sabe que nesse local já registrado uma das mais frias do planeta, o que bate com a questão de notas frias.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo