13 estados definiram seis governadores no primeiro turnoAcre – Gladson Camlei (PP) 53,68%

Alagoas – Renan Filho (MDB) 77,31%

Bahia –Rui Costa (PT) 75,45%

Ceará – Camilo (PT) 78,17%

Espírito Santo – Renato Casagrande (PSB) 55,49%

Goiás – Ronaldo Caiado (DEM) 59,77%

Maranhão –Flávio Dino (PCdoB) 56,36%

Mato Grosso – Mauro Mendes (DEM) 58,81%

Paraíba – João (PSB) 58,18%

Paraná – Ratinho Junior (PSD) 60,02%

Pernambuco – Paulo Câmara (PSB) 50,70%

Piauí – Wellington Dias (PT) 55,64%

Tocantins – Mauro Carlesse (PHS) 56,36%

França leva a melhor sobre Skaf e vai ao segundo turno em São Paulo

São Paulo teve a briga mais acirrada por uma vaga no segundo turno dessas Eleições.

Publicidade
Publicidade

Márcio França (PSB) e Paulo Skaf (MDB) protagonizaram uma disputa voto a voto para ver quem seria o adversário de João Dória no segundo turno. E o atual governador, que durante toda a campanha apareceu em terceiro lugar nas pesquisas, venceu Skaf por diferença de pouco mais de 70 mil votos. França teve 21,83% dos votos e o candidato do MDB 21,38%.

Publicidade

PSL fez nove deputados federais em São Paulo. Lista de todos os eleitos

Eduardo Bolsonaro (PSL)

Joice Hasselmann (PSL)

Celso Russomanno (PRB)

Kim Kataguri (DEM)

Tiririca (PR)

Tabata Amaral (PDT)

Policial Katia Sastre (PR)

Sâmia Bomfim (PSOL)

Pastor Marco Feliciano (Pode)

Capitão Augusto (PR)

Baleia Rossi (MDB)

Vinicius Piot (Novo)

Luiza Erundina (PSOL)

Renata Abreu (Pode)

Rui Falcão (PT)

Ivan Valente (PSOL)Alexandre Frota (PSL)

Marco Bertaiolli (PSD)

Marcos Pereira (PRB)

Carlos Zarattini (PT)

Marcio Alvino (PR)

Arnaldo Jardim (PPS)

Guilherme Mussi (PP)

Alexandre Manete (PPS)

Carlos Sampaio (PSDB)

Nilto Tatto (PT)

Ricardo Izar (PT)

Vitor Lippi (PSDB)

Fausto Pinato (PP)

Tenente Derrite (PP)

Cezinha Madureira (PSD)

Luiz Philippe Bragança (PSL)

Alexandre Leite (DEM)

Paulo Freire Costa (PR)

Enrico Misasi (PV)

Rosana Valle (PSB)

Bruna Furlan (PSDB)

Samuel Moreira (PSBD)

Vanderlei Macris (PSDB)

Rodrigo Agostini (PSB)

David Soares (DEM)

Jeferson Campos (PSB)

Coronel Tadeu (PSL)

Vinicius Carvalho (PRB)

Eduardo Cury (PSDB)

Miguel Lombardi (PR)

Eli Correia Filho (DEM)

Gilberto Nascimento (PSC)

Geninho Zuluani (DEM)

Alexandre Padilha (PT)

Arlindo Chinaglia (PT)

Luiz Flávio Gomes (PSB)

Roberto Alves (PRB)

Paulo Teixeira (PT)

Junior Bozzella (PSL)

Milton Vieira (PRB)

Carla Zambelli (PSL)

Luiz Lauro Filho (PSB)

Luiz Carlos Motta (PR)

General Peternelli (PSL)

Paulinho da Força (SE)

Maria Rosas (PRB)

Vicentinho (PT)

Abou Anni (PSL)

Orlando Silva (PCdoB)

Adriana Ventura (Novo)

Roberto de Lucena (Pode)

Herculano Passos (MDB)

Douglas Belchior (PSOL)

Alexis (Novo)

Bolsonaro e Haddad disputarão o segundo turno

Com 95% das urnas apuradas em todo o Brasil já é certo que haverá segundo turno nas eleições presidenciais entre Jair Bolsonaro e Fernando Haddad.

O candidato do PSL aparece com 46,82% dos votos válidos enquanto que o petista tem 28,22%.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Eleições

Ciro Gomes (PDT) tem 12,52% dos votos, Geraldo Alckmin (PSBD), teve 4,85%, a surpresa João Amoedo teve 2,60%, Cabo Daciolo 1,24%, Henrique Meirelles 1,21% e Marina Silva 1%.

Suplicy está fora do Senado em São Paulo

Depois de liderar com folga todas as pesquisas para o senado federal pelo estado de São Paulo, o petista Eduardo Suplicy não conseguiu se reeleger. Com mais de 95% das urnas apuradas, o petista teve 13,32% dos votos.

O primeiro colocado foi o Major Olimpio (PSL), com 25,79% dos votos, seguido de Mara Gabrilli (PSDB), que teve 18,63%.

Estados que já tem seus governadores eleitos

Alagoas - Rena Flilho (MDB) 78,02%

Ceará – Camilo (PT) 78,17%

Espírito Santo – Renato Casagrande (PSB) 55,49%

Goiás – Ronaldo Caiado (DEM) 59,77%

Mato Grosso – Mauro Mendes (DEM) 58,81%

Paraná – Ratinho Junior (PSD) 60,02%

Tocantins – Mauro Carlesse (PHS) 56,36%

Jorge Kajuru é eleito senador

O jornalista Jorge Kajuru (PRP) foi eleito senador pelo estado de Goiás.

Publicidade

Com 28,29% dos votos, ele ficou com a segunda vaga. Na frente dele, e também eleito, ficou Wanderlan (PP), com 32,52% dos votos válidos.

Goiás define eleição em primeiro turno

Goiás é mais um estado a ter seu governador eleito em primeiro turno. Com 60,15% dos votos até o momento, Ronaldo Caiado (DEM) derrotou Daniel Vilela (MDB), que teve 16,21% dos votos.

Resultado parcial para presidente

Com 79% das urnas apuradas, Jair Bolsonaro aparece com 48,03% dos votos válidos contra 26,74% de Fernando Haddad.

Publicidade

Ciro Gomes (PDT), tem 12,37%, Geraldo Alckmin 5,05% e os surpreendente João Amodeo (Novo) com 2,79%. Marina Silva (Rede), tem menos de 1% dos votos válidos.

Amapá conhece senadores

Com mais de 93% das urnas apuradas, Randolfe (Rede) foi reeleito senador, com 47,22% dos votos. Lucas Barreto (PTB) será o outro representante do estado no senado, com 22,88% dos votos válidos.

Distrito Federal - Senadores eleitos e segundo turno

Com 99,8% das urnas apuradas, Leila do Vôlei (PSB) com 17,75% e Izalci (PSDB) com 15,32% foram eleitos senadores pelo Distrito Federal. Para governador

Espírito Santo já tem seu governador e senadores

O Espírito Santo é outro estado em que já é conhecido seu novo governador e seus senadores. Com 97% das urnas apuradas, Renato Casagrande está com 55,34% dos votos válidos, contra 27,37% Manato do PSL. Para o Senado, Fabiano Contarato (Rede) teve 31,8% e Marcos do Val (PPS) com 23,99% foram os eleitos.

Boca de Urna - Presidente

Pesquisa Ibope Boca de Urna, Jair Bolsonaro (PSL) 45% dos votos válidos e Fernando Haddad (PT) com 28%. Ciro Gomes (PDT) com 14% dos votos válidos.

Ratinho Júnior é eleito no Paraná

Com 89,3% das urnas apuradas, o Paraná já tem seu governador eleito. Com 60,13% dos votos até o momento, Ratinho Junior é eleito em primeiro turno. Cida Borghetti (PP), tem 15,47%

Bahia - Governador

Na Bahia, com 23,4% das urnas apuradas, Rui Costa (PT) tem 75,07% dos votos válidos, contra 22,52% de Zé Ronaldo (DEM).

São Paulo - Senador

A disputa do Senado em São Paulo reserva algumas surpresas. Major Olimpio (PSL) está com 25,79% dos votos válidos. Em segundo lugar está Mara Gabrilli (PSDB), com 18,02%. Líder folgado em todas as pesquisas, Eduardo Suplicy (PT) tem apenas 10,88% dos votos. Já foram apuradas 21% das urnas.

Rio de Janeiro - Governador

No Rio de Janeiro, com 15% das urnas apuradas, o candidato do PSC Wilson Witzel segue liderando a Apuração com 41,56% dos votos válidos. Eduardo Paes (DEM) tem 20,9% Os dois estão indo para o segundo turno

Paraná - Governador

No Paraná, Ratinho Júnior (PSD) deve ser eleito ainda no primeiro turno. Ele está com 58,65% dos votos válidos, contra 16,65% de Cida Borghetti (PP).

São Paulo - Governador

Em São ´Paulo, com 22% das urnas apuradas, João Dória (PSDB) tem 32,34% dos votos. A disputa acirrada está entre Paulo Skaf (MDB), com 21,74% e Márcio França (PSB) com 21,12%

Rio de Janeiro - Governador

No Rio de Janeiro, com 6% das urnas apuradas, o candidato do PSC Wilson Witzel está co 42,50% dos votos válidos. Eduardo Paes (DEM) tem 18,91% e Tarcísio Motta (PSOL) tem 12,27%.

Senado Minas Gerais

Em Minas Gerais, a disputa para o Senado mostra Rodrigo Pacheco (DEM) com 24,75% dos votos válidos. Denis Pinheiro (SD) tem 23,46% e Dilma Rousseff (PT) tem 15,58%

Distrito Federal

No Distrito Federal, com pouco mais de 1,3% das urnas apuradas, Ibaneis (MDB) lidera com 43,31% dos votos, contra 12,64% de Rodrigo Rolleberg.

Números para presidente serão divulgados a partir das 19 horas

As eleições se encerram às 17 horas deste domingo (7) e logo em seguida já se iniciaram os trabalhos de apuração. Apesar da agilidade, os boletins dando conta dos resultados parciais da votação para Presidente da República começarão a serem divulgados apenas após as 19 horas, isso em função da diferença de fuso horário para alguns estados do norte do país.

Para os cargos de governador, senador, deputado federal e deputado estadual, os resultados começarão a ser divulgados pouco tempo depois o encerramento da votação em cada estado. O Tribunal Superior Eleitoral (TER) estima que a apuração deverá ser encerrada por volta das 22 horas. Ainda de acordo com dados do TSE, 147 milhões de eleitores estavam aptos a comparecerem às urnas neste domingo.

As últimas pesquisas feitas pelos institutos Datafolha e Ibope acenavam para uma disputa no segundo turno na eleição presidencial. Pelo levantamento, Jair Bolsonaro tinha 40 e 41% dos votos válidos, respectivamente, contra 25% de Fernando Haddad. Assim os eleitores irão retornar as seções eleitorais daqui a três domingos, no dia 28 de outubro para eleger o presidente e governador em estados onde também houver a necessidade de segundo turno.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo