Começou a circular nas redes sociais na tarde desta terça-feira (23) um vídeo onde supostamente aparece João Doria com várias mulheres. A equipe do político já divulgou uma nota oficial informando que não é o candidato que aparece com as mulheres, e mais, responsabilizou Márcio França perla divulgação do vídeo.

Ainda de acordo com a equipe do tucano, essas imagens são uma montagem e o homem no vídeo realmente se parece com João Doria, o que levou muitos internautas a acreditarem.

Publicidade
Publicidade

O vídeo já viralizou na internet e o nome do candidato é o assunto mais comentado do Twitter na tarde desta terça-feira (23).

João Doria não informou se irá apenas ignorar a gravação que circula pela internet ou se pedirá à polícia que investigue o caso e tente chegar ao autor e divulgador das imagens.

Secretário nomeado por Doria revela que seu voto é em Haddad

Daniel Annenberg, secretário de Inovação e Tecnologia, revelou nas redes sociais que seu voto será em Fernando Haddad, candidato do PT.

Tal declaração causou grande polêmica, uma vez que ele foi eleito vereador pelo PSDB, sendo nomeado diretamente por João Doria, que é um grande entusiasta de Jair Bolsonaro.

De acordo com a declaração de Daniel, ele não poderia votar em um candidato que "propaga o ódio e que é favor da tortura e contra mulheres, negros e LGBTs".

Quanto ao prefeito Bruno Covas, esse preferiu evitar qualquer tipo de polêmica e alegou que o voto é secreto, então, não iria revelar qual era o seu candidato favorito neste segundo turno.

Publicidade

Homem forte de Doria apoia Márcio França

Outra declaração polêmica veio do advogado Anderson Pomini, que já foi responsável pela pasta da Justiça na gestão do tucano, ele declarou apoio a Márcio França e que Doria tinha que ter concluído seu mandato.

Anderson é um dos auxiliares mais próximos do tucano e nesta última segunda-feira (22), surpreendeu a todos ao declarar apoio a Márcio França, que é candidato ao governo de São Paulo, pelo PSB.

"Um homem público precisa ter palavra e cumprir seus compromissos", disse o advogado, antes de declarar seu voto em França.

Veja também

Vídeo mostra quando Juremir Machado se demite ao vivo, após entrevista com Jair Bolsonaro

Em vídeo, Eduardo Bolsonaro fala em fechar o STF e ministro reage: 'declaração golpista'

Juristas veem risco de cassação de Jair Bolsonaro e neste caso as eleições seriam anuladas

Leia tudo